Detido em Nelas por cultivo de estupefacientes

O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Mangualde, ontem, dia 29 de julho, deteve um homem de 37 anos por cultivo de estupefacientes, no concelho de Nelas.

No âmbito de uma investigação por cultivo de estupefacientes, que decorria há cerca de um mês, foi dado cumprimento a uma busca domiciliária, que culminou na apreensão do seguinte material:

·         23 plantas de canábis;

·         63 doses de canábis;

·         Diversos objetos relacionados com a prática dos factos.

O suspeito foi constituído arguido, e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Nelas.

MAAVIM alerta para “Época de Incêndios sem limpezas”

A MAAVIM, na defesa dos lesados dos Incêndios de Outubro de 2017, continua a reivindicar ajudas aos seus lesados e à população afetada.

Estamos em plena época de Incêndios, felizmente com poucas ocorrências, mas lembramos que mais uma vez existem muitas limpezas por fazer, principalmente das autarquias e do estado.

As autarquias e o estado continuam a não cumprir a lei las limpezas e são muitas vezes os proprietários privados os que sofrem pelo não cumprimento da lei.

Os autarcas continuam a não assumir a competência da proteção das populações e dos seus bens.

Continuam a “empurrar” as culpas sempre para as populações, ou por falta de limpeza, por negligência ou por outro motivo qualquer.

Não podemos permitir que as autarquias continuem a gastar milhões em propaganda e não usem esse dinheiro para limpar o que é da sua competência, evitando a perda de vidas humanas e de bens privados e comuns.

Muitas das estradas da região afetada pelos incêndios de Outubro continuam cheias de árvores e vegetação que impede a circulação nas mesmas com boas condições de visibilidade, sendo um “barril de pólvora” em caso de incêndio.

Queremos justiça por quem não cumpre e cumpriu a lei. Ainda hoje existem dezenas de famílias sem a sua habitação permanente, por culpa dos incêndios de Outubro de 2017.

Desde 2017 que aguardamos justiça, quer para com quem cometeu infrações, quer para quem não ajudou as populações.

Quem são os culpados? Passou muito tempo e ninguém penaliza quem nos abandonou em Outubro de 2017.

Queremos JUSTIÇA CONTRA OS CULPADOS pelo ABANDONO das populações

Não aceitamos que a região ainda hoje pareça que acabou de sair de uma guerra.

Nós não somos culpados, somos vítimas.

Nuno Tavares Pereira

Porta-Voz MAAVIM

Laboratório Móvel das Ciências Viseu Dão Lafões passou por Carregal do Sal

Carregal do Sal acolheu ontem, 29 de julho, o Laboratório Móvel das Ciências Viseu Dão Lafões.

A funcionar no parque de estacionamento junto à Escola Básica Nuno Álvares, o espaço foi visitado e explorado pelas crianças do Concelho durante todo o dia.

Distribuídas por grupos e sessões as crianças maioritariamente a frequentarem o programa Férias Desportivas Municipais, participaram nos desafios “Bolas e mais bolas” e “Engenhos e engenhocas”.

A curiosidade instalou-se, a vontade de aprender também… e o divertimento reinou nesta iniciativa da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões que visa melhorar o sucesso educativo na região.

Carregal do Sal.Decorre em bom ritmo remoção placas fibrocimento na Escola Básica

Já estão a decorrer os trabalhos da empreitada de remoção das placas de fibrocimento no edifício da Escola Básica de Carregal do Sal.

De acordo com o que foi acordado com a Direção do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal, a intervenção na cobertura do edifício começou após terminar o período letivo e deverá estar concluída até 10 de setembro, antes do início das aulas do próximo ano letivo.

As placas de fibrocimento já foram retiradas e a empresa adjudicatária da empreitada – Construtora Nogueirense L.da, já começou a instalar as placas de painéis sandwich.

A intervenção vai garantir a melhoria das condições de segurança e saúde da população escolar e dos respetivos profissionais ao eliminar a existência de amianto, fator potencialmente prejudicial para a saúde humana.

Câmara de Carregal do Sal atribui subsídios ao movimento associativo

O Executivo Municipal aprovou os montantes a atribuir em 2021, no âmbito do Plano de Atribuição dos Apoios às Atividades do Movimento Associativo.
Na última reunião de Câmara, realizada no dia 23 de julho, a Câmara Municipal aprovou disponibilizar 144.660,00€ às 23 coletividades concelhias que desenvolvem a sua atividade nos domínios sociais, culturais, recreativos e que apresentaram a respetiva candidatura, de acordo com Regulamento próprio.
De fora ficaram, por enquanto, as coletividades com desporto federado, cuja proposta e deliberação serão oportunamente definidas.
A atribuição destes apoios é assumida pela Câmara Municipal como uma ferramenta essencial para dignificar e garantir a continuação do trabalho desenvolvido por cada uma das coletividades em prol das comunidades em que se inserem contribuindo para a afirmação do Concelho, bem-estar e qualidade de vida dos munícipes.

“Verão Estrelas” tem lugar em Mangualde

O Município de Mangualde irá promover, de 6 a 8 de agosto, o evento “Verão Estrelas”. Uma iniciativa composta por concertos intimistas que prometem deixar na memória uma noite inesquecível, que irá aliar a bela paisagem natural à astrologia e à música. O evento terá lugar na Serra das Pousadas.

O público será convidado a observar o universo através de dois telescópios que estarão estrategicamente colocados para observação dos astros, enquanto é proporcionado um momento musical. A iniciativa terá início no dia 6 de agosto, e contará com o concerto de José Júlio. Já no segundo dia, 7 de agosto, o momento musical será protagonizado por Miguel Rodrigues com o projeto “Empa”Francisco Sales é o músico convidado da última noite do evento, a 8 de agostoOs concertos começam todos os dias pelas 21h30.

O evento é um projeto Cultura no Dão, que será acompanhado por profissionais da [email protected] STEM Mangualde.

Existirá transporte disponível a partir do Centro Comercial de Guimarães de Tavares às 21h15 para o local do evento. A lotação é limitada a 60 lugares. A entrada é gratuita, mas com marcação de lugares e aquisição obrigatória de bilhetes na Biblioteca Municipal e Papelaria Adrião, de forma a respeitar as normas emanadas pela DGS. A organização solicita a todos que respeitem sempre as regras da DGS e as indicações/sinalética no local, mantendo sempre o distanciamento social de segurança e as regras de etiqueta respiratória.

[email protected] STEM MANGUALDE

A [email protected] STEM Mangualde tem como missão promover o sucesso, inclusão e qualidade da aprendizagem dos alunos, partindo de contextos locais, convocando de forma integrada conhecimentos, capacidades, atitudes e valores das disciplinas STEM, bem como a individualidade de professores e alunos, ampliando a sua agência através do desenvolvimento de competências para a resolução de problemas ou aspirações locais e globais, tendo em vista a melhoria do bem-estar individual e social.

No âmbito do Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar, surgido em 2016, a Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões criou um projeto denominado “Promoção do Sucesso Educativo Viseu Dão Lafões” que visava apoiar as escolas na promoção do sucesso educativo através de financiamento aos municípios que integram a CIM. É neste quadro que o Município de Mangualde concorre a uma linha específica de financiamento, “Apoiar os Contextos Educativos e Práticas Pedagógicas de Sucesso”, que tem como objetivos apoiar o trabalho em contexto escolar de modo a recuperar precocemente os alunos que denotem dificuldades ou apresentem potencialidades, promovendo a utilização de novas ferramentas digitais, incentivando o trabalho de projeto, realizando trabalho colaborativo e interdisciplinar, tudo com recurso a novas metodologias de aprendizagem. É desta forma que nasce a [email protected] STEM Mangualde, um projeto iniciado em abril de 2018, cofinanciado pela CIM Viseu Dão Lafões e destinado ao Agrupamento de Escolas de Mangualde (AEM), tendo o Centro de Formação EduFor como um dos seus principais parceiros. A imagem seguinte ilustra a assinatura do protocolo entre Câmara Municipal de Mangualde, EduFor, AEM e outros parceiros do projeto como a Direção-Geral da Educação e a MangualTécnica.

JOSÉ JÚLIO

Originário de Mangualde e desde muito cedo no mundo da música. Começou por estudar música clássica embora mais tarde se tenha dedicado a outros estilos musicais.

Tendo tido aulas com vários professores, Luís Lapa, Paula Sobral, etc, começou muito cedo a dar aulas de guitarra em várias escolas, tendo se destacado mais na CETM de Viseu onde viria a trabalhar durante cinco anos nos quais trabalhou com vários artistas de renome nacional entre os quais Vikky (baterista de Paulo Gonzo, Marisa), Luís Lapa, Marito Marques, etc. Deu aulas ainda na escola de música Palco de Encantos de Mangualde, Sonimusica, entre outras. Tendo tocado em vários projetos musicais os que mais se destacam são: Bulldozer e Big Triple, o primeiro começou por ser uma banda de covers e mais tarde tendo gravado um EP intitulado Devils Blues, já em Big Triple tocou com membros de uma banda das mais conhecidas do distrito de Viseu chamada Indice. Para além destas bandas tocou ainda com, Hugo Rodrigues e os indiscretos, Vinil acustic covers, Golden, Rock Box, Acacius & Jullius e Jazza. Encontrando-se neste momento dedicado à sua paixão, música instrumental. O seu estilo carateriza se dentro das influências Blues, Rock e Sredd.

MIGUEL RODRIGUES

Miguel Rodrigues, jovem baterista e compositor de Mangualde acaba de lançar o seu primeiro disco, ‘Empa’. Em Junho do ano passado, o musicólogo Rui Eduardo Paes incluía o baterista na “seleção das jovens figuras da música portuguesa “que começaram a pôr tudo de pernas para o ar nestes últimos tempos” e o crítico António Branco (jazz.pt) considerou-o “uma  das mais sólidas promessas do jazz nacional”.
Miguel Rodrigues, concluiu o curso profissional de Instrumentista Jazz no Conservatório de Música da Jobra e tem colecionado galardões: integrou o combo vencedor do concurso de escolas da 11.ª Festa do Jazz do São Luiz, integrando o quarteto do saxofonista Sócrates Bôrras ficou em segundo lugar na categoria de Jazz Combo na edição de 2016 do Prémio Jovens Músicos da RTP/Antena 2.
Como músico “freelancer”, já tocou, em diferentes contextos, com Albert Cirera, Carlos Bica, Demian Cabaud, João Guimarães, Paulo Perfeito, Gileno Santana, Xosé Miguelez entre muitos outros e nas suas colaborações extravasam os domínios do jazz, tendo já tido oportunidade de tocar com António Zambujo, Elisa Rodrigues, Jorge Palma, Miguel Araújo, Tatanka.
Há vários anos que Miguel Rodrigues tinha vontade de explorar o cruzamento de ideias escritas com a criação em tempo real e em 2019 surgiu a oportunidade de pôr mãos à obra no âmbito do apoio à edição discográfica da Cena Jovem Jazz.pt, iniciativa que se destina a dar resposta à falta de oportunidades de desenvolvimento de projetos artísticos por parte de jovens músicos. Empa, acto de colocar uma estaca que sustenta plantas trepadeiras, tem tudo a ver com a música de Miguel Rodrigues que se faz acompanhar de José Diogo Martins ao piano e Demian Cabaud no contrabaixo. Neste encontro o trio lança-se numa constante de liberdade na criação musical em tempo real, em que é precisamente a improvisação que sustenta a música.

O álbum lançado sob o carimbo “Cena Jovem” da Jazz.pt e que também integra o catálogo “GiraDiscos” da Gira Sol Azul, já se encontra disponível no bandcamp (https://cenajovem.bandcamp.com/album/empa) e disponível em formato físico (CD).

FRANCISCO SALES

“MILES AWAY”

Francisco Sales leva-nos, no seu estilo único de tocar, numa viagem através da sua música situada algures entre o jazz de Pat Metheny e o som cinematográfico de Ry Cooder ou Gustavo Santaolala. Um convite para um cenário de paz e emoções positivas, um momento para se deixar transportar por cada som e efeito criado.

O virtuoso guitarrista e compositor português, que integra a famosa banda internacional Incógnito, apresenta “Miles Away”, o seu mais recente disco inspirado nas suas viagens e onde o músico mistura em doses bem equilibradas o jazz e música ambiental.
“Voltei para Portugal em 2017 onde vivo desde então. É o país onde me sinto mais inspirado para compor, onde gosto de apreciar a vida e onde me sinto mais seguro e feliz. Hoje em dia continuo a tocar com os Incognito pelo mundo inteiro, mas estou a viver em Portugal”, diz-nos o Francisco, que se mostra centrado e focado em desenhar agora o seu próprio futuro.  “Quando regresso a casa destes concertos todos, tenho sempre trabalhado muito na minha carreira a solo e tenho tentado crescer com ela”. Esse trabalho passa pelo desenvolver da sua visão artística e pelo aprofundar da sua relação com um instrumento que pode soar surpreendente nas mãos certas. Essa surpresa tem sido uma constante quando Francisco Sales se apresenta a solo, mostrando a sua forma particular, aventureira e altamente hipnótica de tocar guitarra. Essa originalidade já lhe valeu, aliás, convites para abrir concertos para gente como Rodrigo Leão, Avishai Cohen ou Diana Krall.

Viseu: Apreendidas 216 doses de estupefacientes

O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Viseu, ontem, dia 27 de julho, deteve em flagrante um homem de 30 anos e uma mulher de 29 anos, por tráfico de estupefacientes, no concelho de Viseu.

No âmbito de uma ação de fiscalização rodoviária, os militares da Guarda abordaram uma viatura em que os ocupantes demonstraram um comportamento suspeito. Foram realizadas duas revistas e uma busca ao veículo, culminando na apreensão do seguinte material:

  • 148 doses de heroína;
  • 61 doses de cocaína;
  • Seis doses de haxixe;
  • Uma dose de canábis;
  • Uma viatura;
  • Uma arma branca;
  • Dois telemóveis.

Os detidos foram constituídos arguidos e serão presentes hoje, dia 28 de julho, ao Tribunal Judicial de Viseu, para aplicação das medidas de coação.

As Palavras que eu nunca te direi!”.Opinião por Rui Marques

Dizer que “à mulher de césar não basta ser séria, é preciso parecer” é ligeiramente machista… Por isso, diria que todos devemos ser sérios e tudo fazer para parecer o que se é! Depois há os que parecem o que não são, como a mulher de César, o próprio César, Alexandre o Grande ou o Luís XIV!

Com o início de mais uma campanha autárquica deparamo-nos, para já e apenas, com foguetes, tiros de artilharia, tiros de zagalote, murros, pauladas, pontapés, “bocas” e atoardas… Normal, diria! Os candidatos vão-se posicionando…

A mim interessa-me mais aquilo que se propõem fazer “Os da Câmara”!…

A subida das faturas da água e saneamento parece-me irreversível! Só falta assumir e explicar o porquê de, por exemplo, os canenses (e não só) irem pagar uma infraestrutura (ETAR) de que não usufruem, somado ao fato de ser precisamente um dos problemas prementes de Canas de Senhorim. Enfim, o esgoto continuará a correr para a Ribeira da Pantanha, a rebentar as tampas de esgoto e a entrar em caves e garagens de cidadãos que pagam saneamento!… Já agora, controle-se a qualidade da água que nos sai das torneiras, vinda de uma rede mal dimensionada, velha e de fim de linha. Se é para a pagar ao preço da água engarrafada, que seja de qualidade, ou, pelo menos, de igual qualidade à dos cidadãos de todo o Concelho!

Os Bombeiros de Canas de Senhorim, juntamente com o Estado, estão disponíveis para a criação de uma segunda EIP (Equipa de intervenção Permanente) e os candidatos a Presidente do Município?

Quantas reabilitações terá de fazer o Cine-Teatro de Nelas para Canas de Senhorim ter uma Casa da Cultura, ou um Centro Cultural, ou um pavilhão multiusos?… Vá lá, umas tábuas em cima de uns bidons a servir de palco e bancos feitos com grades de cerveja?!

Quantas mais vezes vão reparar e alcatroar rua com duas vias em cada sentido, passeios, iluminação, separador central e, futuramente, ciclovia até que borrifem com alcatrão (só um cheirinho) as principais ruas de Canas?

Terão coragem de fazer mais alguma requalificação urbana em Nelas, mantendo a Rua do Paço ou o Rossio de baixo (só para dar dois exemplos) naquele estado deplorável?

Deve haver concursos para projetos no âmbito do PRR para um campo de relva artificial, requalificação de parques, jardins e luminárias, protocolos com as associações locais, IC12 e outras IC’s e IP’s… Enfim, coisas!

Mas não é tudo mau!…

Meio cemitério está feito, independentemente de não ser a melhor opção, nem a mais desejada pela maioria dos canenses, metade já está feito!

A ETAR da Ribeirinha também vai… Não vai é, de momento, servir para grande coisa! Depois de ligada à rede de saneamento, juntamente com um redimensionamento dessa mesma rede vai ficar TOP!…

A Rua (ou estrada?!?) da Boiça já falta pouco… Com mais curva ou menos curva, um projeto feito com uma lasca de tijolo e com a destreza de um homem a reunir vontades, temos Rua (ou estrada)!

Nestes tempos modernos onde a tecnologia consegue, a partir do lixo, novas matérias-primas, estranho o quase silêncio sobre a compra por parte de duas empresas, constituídas a poucos meses num escritório de advogados perto de si, das antigas instalações da CPFE!… As coisas boas são para se saber!

Bem sei, que muitos de nós quando votamos para os órgãos municipais, nos sentimos como um condenado à morte por decapitação: temos apenas o direito a escolher o carrasco que melhor afia a lâmina do machado! No entanto, de um já conhecemos o “corte”!

Falem-nos de coisas úteis: propostas, projetos, ideias por mais utópicas que sejam e não, simplesmente discutir quem a tem maior, sempre com a faca em punho pronta para cortar a do adversário!

@cingab2021

“Segue o teu destino…
Rega as tuas plantas;
Ama as tuas rosas.
O resto é a sombra
de árvores alheias”

Fernando Pessoa

Kartcross: Nelense Alexandre Borges segundo em Montalegre

Num fim de semana atípico em termos meteorológicos, Montalegre viveu corridas de pura adrenalina, com constantes reviravoltas na tabela classificativa, até ao cair da bandeira de xadrez.

Se no sábado, o típico dia de verão, presenteou pilotos e máquinas, com muito pó e calor, o domingo ficou reservado para uma descida da temperatura, com nevoeiro e precipitação, por vezes intensa, o que baralhou as contas das equipas, na escolha do melhor setup para cada uma das corridas.

Alexandre Borges, o piloto da NelaSport, apesar de não ter passado incólume, no dilúvio de domingo, partiu determinado para a Final, acabando na 2ª posição e amealhando o terceiro pódio da época, o que lhe permite continuar a liderar o Campeonato de Portugal de Kartcross.

“Foi um fim de semana intenso, com várias peripécias e um misto de emoções. Tanto ocupámos os lugares cimeiros, como de um momento para o outro, passámos para lugares longe dos nossos objetivos e vice-versa. Mas o importante, foi nunca baixar os braços e impedir que os imprevistos, influenciassem negativamente a equipa. Por isso, este 2º lugar, foi bastante positivo e “arrancado a ferros”. O toque no final da reta da meta, empenou um dos triângulos da suspensão, tornando a condução extremamente complicada, mas mesmo assim, ainda conseguimos averbar a volta mais rápida e manter a liderança do Campeonato”, refere Alexandre Borges.

No final da corrida, a equipa ainda teve que fazer “horas extraordinárias”, com o Semog Bravo, a ser alvo, novamente, de uma verificação técnica, a nível de motor, por parte da organização, com o objetivo de aferir se tudo se encontrava de acordo com o Regulamento Técnico. Como seria de esperar, confirmou-se que tudo estava em concordância com o Regulamento.

Para a presente época, a equipa conta com os apoios de: A Oficina – Borgesport; Qbeiras Energia; JC Automóveis; Câmara Municipal de Nelas; Officelan; Junta de Freguesia de Nelas; Valvoline; Maciça; Opção Atual – Consultores de Gestão; Quinta da Fata; Planus; Grafinelas; Movsil; Ana Mendes – Mediação Imobiliária; Auto Mecânica Ideal de Nelas – Posto GALP; Movsteel; Transportes Penacovense; Tinita; Avencar; News Motor Sports; Semog; Maxi Shocks; Artes & Letras, Papelaria.

PSD/CDS candidatam Cândido Polónio à Junta da Lapa do Lobo

Apresentamos o candidato a Presidente da Junta da Freguesia de Lapa do Lobo

 Ó

Cândido Polónio nunca virou as costas à Lapa do Lobo.

Nestas eleições autárquicas não é excepção. Disponibilizou-se para integrar e liderar uma equipa e, assim, trabalhar em prol de uma freguesia que se quer desenvolvida, cuidada e equilibrada, com novas ideias e projetos.

A equipa que o acompanha é experiente e jovem e está empenhada neste projeto da coligação do PSD/CDS-PP, liderado por Joaquim Amaral, de MUDAR a forma de apoiar as freguesias.

“Lapenses,

Comunico-vos que aceitei o convite da coligação PSD/CDS-PP para ser candidato independente à Junta de Freguesia da Lapa do Lobo.

Candidato-me com respeito pela coragem e determinação da nossa gente que sempre resistiu contra a opressão e todas as formas de submissão.

Desde sempre estive empenhado na vida associativa e política da nossa freguesia. Nunca me escondi e, sempre que a freguesia precisou, disse presente.

É neste propósito que me candidato e aceito este desafio. Um desafio que assumo com a mesma responsabilidade e humildade com que o fiz em outras fases importantes para a Freguesia.

Neste desafio terei a colaboração de uma equipa forte e coesa, formada por pessoas idóneas e que têm demonstrado capacidades e dedicação às causas públicas, com muita vontade de criar condições para um futuro melhor para todos os que vivem na nossa Lapa.

Lapa do Lobo é uma freguesia com muita potencialidade e acredito que, com trabalho, seriedade e competência, eu, e equipa que me acompanha, juntamente com a população, vamos conseguir fazer crescer a nossa freguesia.
�Acredito também que vamos engrandecer a Lapa do Lobo com as esperadas e ansiadas infraestruturas e necessidades que tanto necessita.
�Como candidato, e com o apoio de Joaquim Amaral e a sua equipa na Câmara Municipal, sinto-me totalmente confiante para enfrentar este desafio de servir os Lapenses, com o compromisso de tornar a Lapa do Lobo numa freguesia que crie condições para fixar população.

Candidatura da coligação PSD/CDS em Nelas

Nelas.Reunião de Câmara discute e delibera cedência de terrenos para diversos investimentos

Está agendado para reunião da Câmara Municipal de Nelas, na próxima quarta-feira, dia 28 de julho, a possibilidade de cedência de mais de 106 mil m2 de terrenos para desenvolvimento industrial no Município de Nelas.
A “Luso Finsa” tem em curso um projeto de expansão e desenvolvimento industrial que passa pela construção e desenvolvimento de um cais e terminal ferroviário para receção de matérias primas e expedição de produto acabado, obras essas que decorrerão, em simultâneo, com as que a empresa “Infraestruturas de Portugal, I.P.” tem em curso já na Linha da Beira Alta.
Para realização de tal infraestrutura ferroviária de mais de 1200 m de comprimento, a empresa necessita de relocalizar toda a sua operação de madeira para uma nova área de mais de 49 mil m2, área essa que a Câmara detém na zona nascente da Zona Industrial de Nelas e que para tal está disponível, garantido, assim, o crescimento da empresa e a sustentabilidade do seu funcionamento industrial, presente e futuro, e a manutenção e até aumento potencial, dos seus mais de 320 postos de trabalho diretos e mais de 1200 postos de trabalho indiretos.
A Zona Industrial 1 de Nelas passará a dispor, assim, de um canal ferroviário de carga e descarga de mercadorias que a “Luso Finsa” pretende preparado para poder servir outras empresas daquela Zona Industrial, o que constituirá uma enorme mais valia na atração de investimento e no posicionamento de Nelas como concelho ambientalmente sustentável e na linha da frente da diminuição dos gases com efeito de estufa com o incremento do transporte ferroviário de mercadorias.
Está também agendado para deliberação em Câmara Municipal a cedência à empresa “Movecho” de uma parcela de terreno com 12 mil m2, destinada à sua ampliação, permitindo um investimento que tem em curso de 4 milhões de euros e com o qual criará mais 40 postos de trabalho.
Contíguo ao terreno que a Câmara se propõe ceder à empresa “Luso Finsa”, detém também a mesma Câmara uma área de terreno de perto de 35 mil m2 composta de 9 lotes, local no qual a empresa de capital espanhol “Preco Circular Norte, S.A.” se pretende instalar.
Esta empresa pretende desenvolver a sua atividade na área dos biocombustíveis através da transformação de resíduos de plástico pelo processo termoquímico denominado pirólise (fornos com caldeiras para produção de calor pela combustão direta sem oxigénio) de resíduos derivados do plástico, produtos destinados, no essencial, à industria petrolífera.
A empresa apresentou já o seu projeto de investimento no AICEP (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal), prevendo um investimento de 53 milhões de euros e a criação inicial de 100 postos de trabalho, para exercício de uma atividade que carece de um estudo de impacto ambiental, atenta a sua ligação à industria dos combustíveis e não obstante se tratar de um processo produtivo não poluente e não emissor de quaisquer elementos de contaminação para a atmosfera ou para o exterior.
Esta empresa tem sido acompanhada há já alguns meses pela Câmara Municipal de Nelas e pela Junta de Freguesia de Canas de Senhorim, com vista à sua instalação nas antigas instalações dos Fornos Elétricos, em Canas de Senhorim, chegando, inclusive, a ser celebrado um protocolo em 13 de abril deste ano para que tal viesse a suceder, propondo-se a empresa a adquirir (então denominada “Equação Neutra, Lda.”) uma parte dos Fornos Elétricos de 50 mil m2 e ficando comproprietária com outra empresa do canal ferroviário privativo e da lagoa de água existentes nas instalações (conferir Protocolo que se anexa).
Sucede que, quando esta empresa se encontrava já na fase de elaboração do projeto de construção para instalação de 14 fornos de pirólise e na análise da estabilidade geotécnica do solo, detetou um nível grave de contaminação desse mesmo solo, ao nível de valores de referência muito superiores aos recomendados pela APA (Agência Portuguesa do Ambiente), de arsénio, cádmio, chumbo, cobre, zinco e, eventualmente, cianetos, colocando-se a elevada possibilidade de contaminação, ainda mais grave, com hidrocarbonetos (altamente cancerígenos) face à atividade ali desenvolvida no passado (conferir documento de análise efetuada e do entendimento que sobre a mesma análise a APA emitiu).
Face a esta situação de contaminação grave dos solos e à quase garantida impossibilidade futura de emissão de Declaração de Impacto Ambiental, para que a empresa de biocombustíveis espanhola ali pudesse funcionar, sem um processo de prévia descontaminação dos solos cuja dimensão e custo se desconhece, mas que será, seguramente, demorado e extremamente oneroso, e sempre da responsabilidade da proprietária, a mesma empresa comunicou à Caixa Geral de Depósitos, à Câmara Municipal de Nelas e à Junta de Freguesia de Canas de Senhorim que, embora mantendo o interesse em instalar-se no Concelho de Nelas, não o poderia fazer nas antigas instalações dos Fornos Elétricos, pelas razões apontadas.
A Câmara Municipal de Nelas (que continua em contacto com a APA, a proprietária Caixa Geral de Depósitos e o Ministério do Ambiente com vista à descontaminação total das instalações dos Fornos) perante a possibilidade da empresa de biocombustíveis se instalar no Município de Nelas ou se deslocar para o Município de Aveiro, como referiu, indicou-lhe alternativas de localização, tendo a mesma optado pela Zona Industrial 1 de Nelas, por um espaço com 35 mil m2, próximo da “Luso Finsa”, empresa que vai construir um canal ferroviário que permitirá, também, futuramente, aceder ao transporte da matérias primas e produto acabado através de linha férrea.
Vai, ainda, à próxima reunião de Câmara a cedência à empresa “Epione” de 10 mil m2 com vista à instalação de uma unidade produtiva de transformação de canábis para fins medicinais, propondo-se investir 2,5 milhões de euros e contratar, inicialmente, 40 colaboradores, instalação essa que os promotores fazem questão que aconteça na Zona Industrial da Ribeirinha, em Canas de Senhorim.

Coligação PDS/CDS em Tábua apresentam publicamente candidatura

Fernando Tavares Pereira apresentou a sua candidatura à presidência do Município de Tábua, (sexta-feira dia 23 de junho) com a presença de Rui Rio, presidente do Partido Social Democrata.

Com o recinto do espaço multiusos em Tábua cheio, o candidato apresentou todos os elementos que se candidatam às Juntas de Freguesia, Assembleia Municipal e à Câmara Municipal de Tábua.

As principais motivações e linhas orientadoras, que sob o lema “Coragem para mudar” Fernando Tavares Pereira, num discurso de rompimento com o passado e presente do município de Tábua, que regrediu pelas políticas do atual executivo, numa constante preocupação com os jovens e os mais idosos,  a necessidade de captação de investimento e de fixação de pessoas no concelho, medidas que terão por base a mudança do PDM que atualmente não permite a construção em grande parte do concelho, apoio à natalidade que poderá ascender a 3000€ e um investimento claro na saúde e nas pessoas.

Uma equipa coesa, dedicada e com total disponibilidade para desempenhar as funções a que cada um, dentro da lista apresentada irá realizar. Com gente muito jovem e elementos de grande experiência de vida e mostras dadas de seriedade, trabalho e honestidade, Coragem para Mudar (PSD / CDS-PP) assegura que irá repor Tábua no rumo de futuro!

Nota de Imprensa da Candidatura do PSD/CDS em Tábua

Candidatura PS Nelas:Salomé Simões e Irene Ligeiro as grandes novidades

Teve lugar na passada sexta-feira, dia 16 de julho, pelas 19h00, a apresentação de todos os candidatos do Partido Socialista aos órgãos autárquicos do Município de Nelas, numa cerimónia que contou com a presença de muitos munícipes que não quiseram deixar de demonstrar o seu apoio a esta candidatura, em total cumprimento das regras sanitárias indispensáveis para a garantia de um ambiente seguro para todos, mantendo as devidas distâncias de segurança impostas pelo atual estado pandémico.
A cerimónia arrancou com a apresentação de Francisco Paula, como Mandatário da Candidatura do PS, seguindo-se António Borges que volta a encabeçar a lista à Assembleia Municipal de Nelas.
A lista apresentada é encabeçada por José Borges da Silva, que se candidata a mais um mandato como Presidente de Câmara, sublinhando que irá cumprir as promessas que fez às pessoas do Concelho, com destaque para as áreas das finanças, com a continuação do trabalho de equilíbrio das contas do município, diminuindo a dívida existente e potenciando os apoios existentes em obras estruturantes para o Concelho, mas também do urbanismo, ambiente, saúde, educação, habitação social, infraestruturas culturais e desportivas e promoção territorial, com captação de investimentos e criação de emprego, assumindo estas áreas basilares para este executivo, com a continuação da aposta na renovação de estruturas fundamentais para a população e para o desenvolvimento da região.
Esta recandidatura surge do cumprimento do compromisso que assumiu há 8 anos com a população e na continuação de um trabalho que enche o candidato de orgulho e que tem provas dadas e documentadas, com resultados que falam por si só.
José Borges da Silva recandidata-se juntamente com um conjunto de pessoas que sabe partilharem dos seus princípios e objetivos, sendo elas Irene Ligeiro, Coordenadora da Unidade de Saúde Familiar de Nelas, que segue em 5º lugar na lista à Câmara Municipal, Aires dos Santos, conhecido artista plástico e atual vereador da Câmara Municipal que assume a 4ª posição na lista, Fernando Silvério, vereador na Câmara Municipal de Nelas que que segue na 3ª posição desta lista e Salomé Simões, professora e subdiretora do Agrupamento de Escolas de Canas de Senhorim, que avança em 2º lugar na lista à Câmara Municipal de Nelas.
Um conjunto de pessoas que Vive Nelas na sua plenitude e com provas dadas da sua competência, dedicação à causa pública e às gentes de Nelas, e resiliência, a quem se junta Mário Pires que encabeça a lista à Junta de Freguesia de Canas de Senhorim, Carlos Moreira, cabeça de lista à Junta de Freguesia de Carvalhal Redondo – União de Freguesias de Carvalhal Redondo e Aguieira, José Marques à Junta de Freguesia de Aguieira da União de Freguesias de Carvalhal Redondo e Aguieira, António Costa que assume o topo da lista à Junta de Freguesia de Lapa do Lobo, João Pedro Vaz que concorre à Junta de Freguesia de Nelas, Jorge Abreu, cabeça de lista por Santar à União de Freguesias de Santar e Moreira, Hugo Fernandes que concorre por Moreira à União de Freguesias de Santar e Moreira, Tiago Santos que se recandidata à Junta de Freguesia de Senhorim e Paulo Abrantes, cabeça de lista à Junta de Freguesia de Vilar Seco.
O objetivo do Partido Socialista de Nelas é manter o município no rumo do crescimento e da prosperidade, com confiança e esperança, porque esta é a força que nos une!
Nota de Imprensa da candidatura do PS Nelas

Detido por tráfico de droga

O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Santa Comba Dão, ontem, dia 21 de julho, deteve um homem de 35 anos por tráfico de estupefacientes, no concelho de Tondela.

No âmbito de uma investigação que decorria há cerca de um mês, por tráfico e cultivo de estupefacientes, os militares da Guarda efetuaram várias diligências policiais que culminaram na realização de uma busca domiciliária, tendo sido apreendido diverso material, destacando-se:

·         Quatro plantas de canábis;

·         Três frascos de fertilizante.

O detido foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Tondela.

Esta operação contou com o reforço do Destacamento de Intervenção (DI) de Viseu.

 

Coro Misto da Universidade Sénior de Nelas ensaia no Centro Paroquial de Nelas

Ontem, o Coro Misto da Universidade Sénior de Nelas fez um ensaio diferente. Presenteou os utentes do Centro de Dia, do Centro Paroquial de Nelas, com uma aula aberta a outros ouvidos, vozes, palmas e sorrisos.
A recetividade a esta iniciativa foi excelente, motivo pelo qual já ficou a promessa que se irá repetir, porque “a educação não é apenas alimentar o cérebro. Arte e música alimentam o coração e a alma” (Julie Garwood)

Município de Mangualde promove Programa de Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas

Sob o lema “A prevenção cabe a cada um de nós! Estás disposto a fazer a vigilância do teu futuro?”, o Município de Mangualde promove, uma vez mais, o Programa Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas para o Posto de Vigia na Torre da Igreja da Nossa Senhora Castelo, que decorrerá de 2 de agosto a 1 de setembro.

período de inscrições para jovens voluntários no âmbito do Programa Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas para o Posto de Vigia na Torre da Igreja da Nossa Senhora Castelo, decorrerá até dia 31 de julho.

INSCRIÇÕES

Quem pretender participar nestas atividades de voluntariado deverá registar-se na plataforma do Instituto Português do Desporto e dos Jovens: https://programasjuventude.ipdj.gov.pt/. Ao fazer este registo deverá preencher os dados de perfil. Após completar os dois passos, deverá fazer o login, verificar na área pessoal quais os projetos disponíveis e realizar a inscrição.

A Linha da Juventude (800 203 050) ou os Serviços do Gabinete Técnico florestal (232 619 895) estão disponíveis para esclarecer as dúvidas que possam surgir.

As ações de vigilância de espaços rurais têm cada vez mais importância na efetiva redução do número de ocorrências de incêndios florestais. Desta forma, estes projetos visam assegurar a deteção imediata de um foco de ignição, a sua localização e a rápida comunicação da ocorrência às entidades responsáveis pela primeira intervenção.

PSD/CDS Tábua:Médica Maria do Rosário na lista à Câmara Municipal

É com um enorme orgulho que vos apresento alguém que tem mais de 30 anos de provas dadas, decorrente da sua atividade profissional como médica, pela saúde dos munícipes de Tábua.
Com a Dra. Maria do Rosário no executivo municipal, a saúde do nosso concelho será privilegiada dando-lhe não só a atenção que merece, bem como, criar as condições para que todos tenham acesso a serviços de saúde por igual.
É uma mulher respeitada e admirada na nossa comunidade, aliás continua entregar uma parte da sua vida aos Tabuenses fazendo parte do executivo municipal que nos próximos 4 anos tem a missão de levar Tábua a um rumo de desenvolvimento, da criação de condições para aqui viverem, devolvendo a qualidade de vida, para investirem e recuperar a confiança de todos num dos mais belos município de Portugal.

“Mercadinho de Produtos Agrícolas” em Nelas beneficia mais 21 famílias

Na sequência de mais um “Mercadinho de Produtos Agrícolas” realizado no passado domingo, dia 18 de junho, nas antigas instalações da Federação dos Vitivinicultores do Dão, novamente com grande êxito, os Serviços Sociais da Câmara Municipal de Nelas deram continuidade à distribuição de fruta e produtos hortícolas pelas famílias mais carenciadas do Concelho de Nelas.
Nesta semana foram beneficiadas mais 21 famílias carenciadas, referenciadas no Serviço Municipal de Apoio à Economia Social da Câmara Municipal (com o apoio das Juntas de Freguesia), abrangendo 64 pessoas no total, residentes nas localidades de Nelas, Canas de Senhorim, Lapa do Lobo, Carvalhal Redondo, Senhorim e Santar, que receberam os 21 cabazes com diversificados produtos hortícolas e fruta.
Desde o começo desta iniciativa em 24 de maio de 2020, os Serviços Sociais da Câmara Municipal de Nelas já entregaram um total de 843 cabazes às famílias mais carenciadas do Concelho.
Na próxima semana, prosseguirá a distribuição de mais produtos hortícolas e fruta por outras famílias referenciadas nos Serviços Sociais, de acordo também com as indicações fornecidas pelas Juntas de Freguesia, como se referiu.

Live Beach – Praia Artificial de Mangualde oferece entrada para avós

Live Beach – Praia Artificial de Mangualde vai celebrar o Dia Mundial dos Avós com uma oferta especial. No dia 26 de julho os avós não pagam! Na compra de um bilhete inteiro ou meio dia, oferecemos um bilhete sénior.

«Num ano difícil para todos, particularmente para os idosos que estiveram mais isolados e privados das suas famílias, achamos que esta é a oportunidade ideal dos netos oferecerem um presente especial a quem mais os mima e usufruírem de um dia de praia com os seus avós», esclarece Paulo Arede, gerente do espaço.

A Live Beach está aberta ao público desde o dia 26 de junho, cumprindo todas as regras de segurança impostas pela Direção-Geral da Saúde. Com vista para a Serra da Estrela, esta praia artificial é um local diferente e único na região destinado a toda a família, onde ninguém fica de fora.

A praia dispõe de um grande passadiço, uma cadeira anfíbia e um espaço na piscina dedicado a pessoas com mobilidade reduzida.

Além de um grande parque de estacionamento adjacente e gratuito, no complexo pode, ainda, encontrar mesas de piquenique, um espaço para refeições rápidas e o LW Club, para a melhor diversão noturna.

 

 

Secretário de Estado visita BUPi em Nelas

Em funcionamento no Município de Nelas desde o passado dia 28 de junho de 2021, o Balcão Único do Prédio (BUPi) foi, visitado pelo Secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Desenvolvimento Rural, João Catarino, e pelo Diretor Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho, tendo sido acompanhados nessa visita pelo Presidente da Câmara Municipal de Nelas, José Borges da Silva.
O BUPi no Município de Nelas, é um espaço destinado à realização da Representação Gráfica e Georreferenciada (RGG) dos prédios, com a identificação dos seus titulares, no âmbito do cadastro predial simplificado.
Para esse efeito, a Câmara Municipal de Nelas disponibilizou uma sala no Edifício Multiusos para atendimento ao público, sendo que, devido à pandemia da Covid-19, é dada prioridade ao atendimento por agendamento.
Para agendar o atendimento, os interessados devem contactar:
232 941 300.