Luís Pinheiro anuncia não ser candidato mas diz “estarei por aí”

Luís Pinheiro,atual presidente da Junta de Freguesia de Canas de Senhorim,pelo Movimento de Restauração do Concelho,fez chegar à nossa redação um comunicado,em que anuncia a sua retirada da política ativa, pelo menos nas próximas autárquicas, deixando aos “partidos esse papel”.

“Não serei candidato a nenhum cargo nestas eleições”,assegura,não deixando contudo de assumir a continuidade do Movimento que lidera e pretende continuar a liderar. Fala do período de dois anos em que foi Chefe da Gabinete do atual autarca,Borges da Silva,considerando que, em Nelas,foi “um alvo a abater”. Vai mesmo mais longe a afirma que “o inferno ficou instalado e alguns Nelenses deitaram mão a tudo, para me complicar a vida e alimentar um ódio que já não faz sentido”. Apesar de se retirar, e lembrando as palavras de um antigo Primeiro Ministro,Luís Pinheiro diz: “Até breve.Estarei por aí”.

Comunicado na íntegra: 

Considero ser meu dever, depois de mais de duas décadas à frente dos destinos da Freguesia de Canas de Senhorim, quer na Junta, quer no Movimento, informar a população que é chegada a hora de me retirar e deixar esse papel aos Partidos. Claro que a continuidade do Movimento e da minha liderança à frente do mesmo, não estará em causa.

Não serei candidato a nenhum cargo nestas eleições. Agradeço ao Povo que sempre me apoiou, que confiou no meu trabalho, empenho e desafios em todas as frentes, que em conjunto fomos superando.

Neste momento, embora com falhas, estão à vista todas as dificuldades ultrapassadas na defesa das nossas causas e valores; na estreita colaboração com todo o Movimento Associativo; na continuidade das nossas Instituições, assim como, um melhor entendimento com todo o Poder Político Local e Nacional.

Defendi e defenderei sempre os interesses da Nossa Terra e, é com alguma tristeza que vejo a falta de respeito por parte de algumas Pessoas e Partidos, para com a nossa Instituição e o nosso Movimento pois, não vale tudo na corrida ao poder.

Considerei em 2019, que seria melhor aceitar o lugar que me foi proposto pelo Sr. Presidente da Câmara Municipal de Nelas, para integrar a sua equipa, na tentativa de uma aproximação das gentes de Canas e de Nelas assim como das suas Instituições. Trabalhei durante cerca de dois anos afincadamente, para que esta ponte fosse uma realidade e se esbatessem alguns azedumes já sem sentido. Se em Canas isto foi de certa forma incompreendido, em Nelas (onde dei mostras de grande envolvimento e dedicação ao Concelho), o entendimento foi de que eu, independentemente do trabalho, seria um alvo a abater. Consideram que Canas (ou pelo menos eu) não têm lugar na Sede do Concelho.

Não me arrependo porque, para além de não ganhar mais, tentei que este problema fosse ultrapassado e se conseguisse trabalhar em conjunto. Engano meu, porque o Inferno ficou instalado e alguns Nelenses deitaram mão a tudo, para me complicar a vida e alimentar um ódio que já não faz sentido. Superei e mostrei-lhes como se trabalha, até chegar a hora de dizer basta e voltar para o meu lugar porque, nunca estive dependente deste ou de qualquer outro cargo.

Penso que cometi em conjunto convosco, o erro de em 2005 termos dado o poder Camarário ao PSD/ CDS, onde mostrámos uma forma diferente de como recebemos aqui os Nelenses da Coligação assim como a forma como conseguimos trabalhar com Eles durante dois mandatos. Acontece que este acordo de votação desse ano, foi negociado com os Partidos da coligação que depois acabaram por não cumprir, “como poderei explicar mais tarde”.

Este trabalho foi continuado, com a entrada do Dr. Borges da Silva, pese embora que, nem num lado nem noutro conseguimos tudo a que temos direito, mas com afinco e boa vontade, fomos superando.

Neste momento apoiarei, o Candidato Mário Pires, Independente do PS. Acho que devemos apoiar quem trabalha afincadamente e garante o empenho, a continuidade do trabalho e o conhecimento profundo de todos os nossos graves problemas, fazendo de tudo para os ultrapassar.

Deixo, não sozinho, aquilo que considero primordial para a sobrevivência da nossa Freguesia – uma Escola; Zona Industrial; Etar ́s e Ecopontos; Parques; Correios; Piscinas; uma Instituição Bancária; arruamentos para futuras construções; Piscina, Sedes para a maioria das Associações; qualidade de vida, e muitas obras já concluídas e outras que espero fiquem acabadas até ao final do mandato. Espero ainda que outras obras e defesa de causas, tenham a continuidade, com o afinco que, só serão garantidos pelo Mário Pires com uma equipa renovada.

Mais uma vez, apelo ao vosso bom senso, pelo conhecimento que têm de tudo o que foi feito e defendido por nós, na Nossa Terra, pedindo-vos para, sem demagogias e enganos que vão aparecer por aí, apoiar quem luta, sabe e dá continuidade ao trabalho desenvolvido por todos, honrando a nossa História, o nosso Presente e preparando o nosso Futuro.

Peço desculpa por todas as falhas cometidas, agradecendo mais uma vez o Vosso carinho e apoio que nunca me foi negado, mas… preciso de fazer uma pausa, embora esteja sempre disponível para tudo e todos, esperando que me deixem em paz nesta campanha que se aproxima porque estarei fora… embora cá dentro!

Obrigado por todo o apoio e até breve. Estarei por aí.

O Presidente da Junta

Luis Pinheiro