Candidatura do PS Carregal do Sal pretende intensificar relações com a FLL

Tendo como objetivos apresentar as principais ideias da candidatura do PS para o concelho de Carregal do Sal, bem como procurar conhecer a visão da Fundação Lapa do Lobo (FLL), realizou-se uma reunião na sede da FLL com elementos da candidatura liderada por Paulo Catalino.
O candidato a presidente da Câmara, referiu ao nosso jornal que o encontroe “constituiu uma grande oportunidade de debater o futuro do Concelho de Carregal do Sal com alguém que tem sido essencial para o seu desenvolvimento. Foi nosso objetivo apresentar a nossa visão para o Concelho, assente na atração de investimentos e postos de trabalho qualificados e na melhoria da qualidade de vida. Durante esta reunião, tivemos também oportunidade de falar sobre a cultura no Concelho e sobre a relação entre a Câmara Municipal e a Fundação”.
Paulo Catalino enfatizou ainda o “compromisso de aumentar a proatividade na apresentação de propostas à Fundação, algo que não tem existido nos últimos anos. Mais do que reagir e aguardar por desafios de terceiros, queremos ser proativos e ser nós a desafiar. Estamos muito confiantes que saberemos tirar mais proveito da parceria entre a FLL e a Câmara Municipal, para dar resposta ao desenvolvimento que queremos incutir ao município”.
Ouvido pelo nosso jornal, o presidente da FLL, Carlos Torres, sublinhou que esta reunião de apresentação fez todo o sentido uma vez que o concelho de Carregal do Sal está estatutariamente inserido na área de abrangência geográfica da Fundação Lapa do Lobo. Instado a comentar o compromisso de intensificar as relações entre as duas instituições,caso esta candidatura saia vencedora da eleição, vê-o com bons olhos: “Temo nosso inteiro agrado e mereceu o nosso inteiro acordo, uma vez que achamos que efectivamente se pode ir mais longe na referida interação entre as duas entidades. Damos como exemplo a possibilidade de a FLL transferir para o Centro Cultural de Carregal do Sal alguns dos espectáculos ou eventos culturais mais emblemáticos inicialmente previstos para se realizarem no espaço da própria Fundação, de forma a que os mesmos possam chegar a um maior número de público”.