Casa do Frazão (Canas de Senhorim) aquece pré campanha

Uma declaração do atual deputado municipal e líder da bancada do CDS em Nelas, Manuel Henriques, na sua página no Facebook, gerou uma reação do atual presidente da Junta, Luís Pinheiro (Movimento pela Restauração do Concelho) e de Mário Pires, membro do executivo e ex presidente da Junta.
Manuel Henriques, escreveu no passado dia 15 de junho: 
SOBRE A CASA DO FRAZÃO ( Canas de Senhorim)
O Presidente da Câmara Municipal de Nelas em oito anos nada fez para o Projecto da Casa do Frazão.
Em Setembro passado pretendia um cheque em branco de 500 mil euros para a construção de “umas infraestruturas” num loteamento que não existe e para o “inicio da reabilitação do edíficio”.
Que se perceba : só irresponsáveis (ou pessoas com interesses pouco claros no assunto) aprovariam semelhante iniciativa.
Talvez a mudança de poder no concelho permita a clarificação de tudo o que gravita à volta desta propriedade.
No meu caso pessoal pedi que fosse apresentado um Projecto e não um cheque em branco para coisa nenhuma. Como primeiro eleito do CDS-PP na Assembleia Municipal não posso assinar de cruz outra vergonha como a do Projecto Caves onde o Município de Nelas já gastou centenas de milhares de euros em projectos sem uma só pedra estar levantada. Para o generoso povo de Canas de Senhorim o Dr. Borges da Silva e seus aliados entendem que nem projecto é preciso.
A situação actual da Casa do Frazão é também uma prova da incapacidade do Prof. Luis Pinheiro influenciar o que quer que seja nas ações deste Presidente. E andamos nisto há 20 anos…..
Hoje,18 de junho, os autarcas Luís Pinheiro e Mário Pires fizeram chegar à nossa redação um comunicado onde critica a posição assumida pelo centrista: 

“Esta Junta de Freguesia não tem como hábito responder a algumas aleivosias do costume que proliferam por aí nas redes sociais mas, desta vez, tratando-se de um Candidato com alguma responsabilidade, por uma questão da reposição da verdade, consideramos que isto ultrapassou o razoável, senão vejamos:

Relativamente ao projeto da Casa da Cultura o Sr. desconhece que este existe e até muito bem conseguido mas, com grande pena nossa e os votos contra dos mesmos de sempre entre os quais o do Dr. Manuel Henriques, não estamos numa fase mais avançada; Onde andou o Sr. nestes tais últimos 20 anos? – A preparar a sus candidatura? A enveredar por uma alternativa construtiva? – A trabalhar em prol de projetos para Canas?… – Todos sabem que não. De facto o Presidente da Junta não tem, nem deve ter capacidade para influenciar seja quem for e, muito menos o Sr. Presidente da Câmara pois só faz sentido negociar, defender e apresentar propostas/projetos de maneira que estes se concretizem de forma democrática. Nestes tais 20 anos referidos, o Presidente da Junta, tem demostrado trabalho, afinco e dedicação pela sua Terra como nos mostra a história, a obra e as muitas votações que este Povo, sempre, tem reconhecido, tanto nas falhas como nas virtudes. De facto, estivemos mal em ter colocado em 2005 a coligação PSD/CDS no poder Camarário que, em 8 anos, deveria também, neste caso, depois da compra da Casa do Frazão, ter iniciado a obra e a sua respetiva candidatura. Como o Sr. vem só aqui de passagem, nem sequer dá conta do trabalho incessante que é preciso para defender e preservar as Instituições da Freguesia e seguir com as obras possíveis para combater a desertificação, aumentando e requalificando o Parque Industrial, assim como a abertura de novas ruas. Porque, só por aqui se pode apostar no futuro.