PS Nelas é favorável à aquisição do Colégio Grão Vasco

Colégio Grão Vasco, mais um assunto mal explicado.
Propôs o Sr. Presidente em reunião de Câmara do passado dia 12 de Maio de 2021 a aquisição das antigas instalações do Colégio Grão Vasco.
Sabendo da ligação afectiva que umas sucessões de gerações de habitantes do concelho de Nelas têm com tal edifício (de recordar que no mesmo, funcionou o Liceu e o Ciclo Preparatório), por principio somos favoráveis a tal aquisição, no entanto no exercício da gestão de dinheiro públicos o que têm que imperar é a razão e não a emoção. Não pode haver o mínimo de duvidas, sobre tais actos.
Assim e por forma a formarmos uma opinião esclarecida, gostaríamos de colocar, algumas questões sobre a referida aquisição:
– o referido edifício transitou para a posse da Caixa Geral de Depósitos, em 22 de Outubro de 2003, fruto de um crédito que a referida instituição detinha sobre uma empresa de construção civil, porque razão durante 18 anos a CGD, nunca consegui-o rentabilizar o referido edifício?
– sendo a CGD parceira privilegiada de muitas empresas de construção civil, porque razão em 18 anos nunca consegui-o convencer, nenhuma a investir no imóvel na área da habitação?
– a CGD têm varias participações em holdings, que tem no seu portfolio empresarial, prestigiados grupos turísticos, nacionais, porque razão nunca convenceu nenhum a criar ali uma unidade hoteleira?
– em 18 anos porque razão a CGD nunca, publicitou, a pretensão da venda do referido imóvel?
– porque razão a CGD, só após um auto de vistoria realizado por técnicos camarários em 7 de Outubro de 2020, que originou uma deliberação da reunião de câmara de 11 de Novembro de 2020, obrigando a mesma a realizar obras de manutenção do edifício, se dispôs a vender o edifício, a quem o obrigava a fazer obras? Alegando que o valor do orçamento das obras requeridas pela câmara, era superior ao seu valor de venda 220.802,31€+IVA 23%
– a CGD, resolve fazer uma proposta de venda à câmara municipal de Nelas por 160.000€. Felizmente os serviços técnicos da câmara avaliaram o referido imóvel e afirmaram que o mesmo só vale pelo terreno onde está instalado, avaliando o mesmo em 85.380€, ajudando o Sr. Presidente a definir um valor de oferta.
– partindo do pressuposto que a CGD aceita o valor de 85.380€ pelo imóvel e atendendo que segundo a mesma o valor orçamentado para as obras de manutenção ultrapassa os 220.802,31€+IVA 23%, qual será o valor em que ficará, efectivamente o custo de tal operação?
– para finalizar, este conjunto de duvidas e questões que nos preocupam, a empresa imobiliária encarregue pela CGD da venda, informa no seu email enviado à câmara municipal de Nelas datado de 15 de Março de 2021 “Não obstante, atendendo a que o imóvel têm algumas divergências na sua documentação, que se encontram a ser sanadas, ainda não foi possível avançar com a venda do mesmo. Contudo assim que rectificadas a divergências existentes, é intenção da CGD revender o imóvel”
Que divergências serão estas que passados 18 anos uma instituição como a CGD ainda não conseguiu resolver?
Será que o custo final, será ainda aumentado com alguma destas “divergências”?
Quando se trata do emprego de dinheiros públicos (dinheiro esse que resulta dos nossos impostos), a sua aplicação deve ser sempre escrutinado pelos mais altos critérios de responsabilidade, porque acima de tudo estamos a gerir o património de confiança politica que os eleitores depositaram em nós e o mesmo deve merecer o máximo de respeito e consideração.
Somos intransigentemente, defensores de uma politica de responsabilidade, que dignifique os seus agentes perante a sociedade e que evite os populismos.
Uma vez mais o afirmamos, o povo do concelho de Nelas poderá sempre contar com o PS, para defender os seus interesses tanto no presente como no futuro, o que nos guia não é a promessa mas a verdade.
O PS precisa de todos e é por todos que queremos aqui estar
O Presidente da Comissão Politica Concelhia
Pedro Manuel Marques Borges
Publicado na página no Facebook do PS Nelas