Laboratório colaborativo na região do Dão poderá situar-se em Nelas

A ministra da Coesão Territorial afirmou-se a favor da  instalação de um laboratório colaborativo na região do Dão, sustentando que o Centro de Estudos Vitivinícolas do Dão, em Nelas, “é o ponto de partida” uma vez que não se pode fazer “tábua rasa do que já existe”.Ana Abrunhosa,em deslocação a Viseu, na passada sexta feira,exortou os responsáveis a “dar-lhe escala,atraindo pessoas e outros meios, porque é uma referência na região”.
Já o presidente da Comissão Vitivinícola Regional do Dão, Arlindo Cunha, adiantou aos jornalistas que o caminho para a instalação do laboratório em Nelas “já está a ser feito”, sinalizando que um dos pontos fundamentais “é  a problemática da sustentabilidade”.