Carlos Batista candidato por movimento cívico à Junta de Beijós

O atual presidente da Junta de Freguesia, pelo PS, fez na sua página no Facebook o anúncio: 

“A candidatura de um autarca é um compromisso de honra, um ato solene, com um significado de dimensão pública e cívica, que alicerça e realiza o processo da democracia aberta e participada. O autarca começa por ser escolhido no seio de um partido político e dos seus simpatizantes ou de um simples movimento cívico. Por muito individual que seja a decisão de se candidatar, o autarca não é um solitário, pelo contrário, é um agregador de expectativas, de vontades e o coordenador de um grupo de trabalho. O êxito da candidatura depende, em boa parte, da qualidade, da formação e do empenho dos seus companheiros de missão.
É no sentido de agregar diferentes ideias e propósitos que anuncio a minha candidatura à Junta de Freguesia de Beijós, como líder de um movimento cívico independente, com o intuito de dar continuidade ao trabalho desenvolvido, e de dar à nossa freguesia a visibilidade que ela merece”.