Riportico fiscaliza requalificação do Santuário de Nossa Senhora d’Aires

Salvaguardar e preservar o património edificado, reabilitar a sua envolvente próxima, conservar o património integrado e valorizar as memórias e a história do local, garantindo a existência de um legado para gerações vindouras, era o grande objetivo da empreitada de requalificação do Santuário de Nossa Senhora d’Aires, em Viana do Alentejo, cuja gestão e fiscalização ficaram a cargo da Riportico, uma das melhores consultoras de engenharia em Portugal. A cerimónia de reabertura do Santuário decorreu no último sábado, dia 15 de maio.

Num investimento de perto de dois milhões de euros, as obras de requalificação, restauro e museologia decorreram durante três anos, com vista a melhorar as condições gerais de acolhimento e acessibilidade do espaço para usufruto pleno da população e dos seus visitantes, estando a ser complementadas pela requalificação da envolvente paisagística levada a cabo pelo município de Viana do Alentejo.

Os trabalhos de requalificação compreenderam, entre outros, a demolição do queimador de velas, muros adjacentes, rampa, loja e casas de banho existentes, a preparação/picagem das superfícies rebocadas em tetos e paredes para aumentar a rugosidade e garantir boa aderência da massa/argamassa de cal, o revestimento das fachadas da Igreja, Casa dos Romeiros e Portaria, o tratamento de limpeza dos elementos pétreos em paredes, pavimentos, escadas e guarnições, o tratamento de conservação dos azulejos, e a requalificação paisagística da Alameda, com divisão de espaços, horta, espécies arbustivas e árvores e caminhos em chulipas de madeira.

Nota de Imprensa da Riportico