“Escola de Pastores 2.ª edição” vai arrancar

Encontram-se abertas, até ao próximo dia 24 de maio, as candidaturas para  a “Escola de Pastores — 2.ª edição”, iniciativa integrada no projeto “Programa de Valorização da Fileira do Queijo da Região Centro”, que envolve 14 parceiros institucionais, um dos quais o Politécnico de Viseu.

Destinada a abranger as três regiões DOP do Centro (Beira Baixa, Serra da Estrela e Rabaçal), a formação, que irá decorrer nas Escolas Superiores Agrárias de Viseu (ESAV), Castelo Branco (ESACB) e Coimbra (ESAC), tem 36 vagas disponíveis. A duração desta edição, que irá arrancar a partir do dia 14 de junho, é de 560 horas de formação (150 de componente teórica e 410 de componente prática).

Segundo o presidente da ESAV, “a Escola de Pastores é muito importante na valorização dos produtos endógenos e na formação de recursos”. O professor António Monteiro manifesta a convicção que “esta formação possa ser um pólo renovador do setor e que contribua para valorizar o produtor, o pastor e a importância do trabalho que desenvolvem”.

Os interessados deverão fazer a sua candidatura aqui.