Carregal do Sal está a ser alvo de “perseguição” pelos governantes

O executivo municipal de Carregal do Sal vem por este meio e de forma veemente censurar a perseguição de que o concelho está a ser alvo pelos governantes deste país. 
Com uma situação pandémica controlada, casos isolados e identificados e um valor global reportado ao dia de ontem de 119 casos por 100 000 habitantes (temos de momento 10 casos ativos) não foram suficientes para avançar no processo de desconfinamento.
Como é possível explicar aos munícipes que Carregal do Sal com os valores anteriormente identificados continue paralisado no processo de desconfinamento e por todo o país e à sua beira, concelhos vizinhos com incidências de 563, 296 ou 238 casos por 100 000 habitantes, por exemplo, estejam na situação de alerta, mas usufruindo na prática das vantagens do desconfinamento.
É simplesmente lamentável que se queiram decepar os pequenos concelhos do interior, com situações absurdas com esta vivida por Carregal do Sal. A perseguição ao nosso concelho é evidente e toma proporções catastróficas. Querem matar o tecido comercial do nosso concelho? Ou o que querem afinal?
A pacificidade das gentes da Beira começa a esfumar-se. A atrocidade com que nos querem afrontar, amordaçando e fragilizando o já de si frágil, extravasa o sentido do razoável.
Carregalenses, esqueçam as colorações políticas. Unamo-nos!
Carregal do Sal pede justiça IMEDIATA!
Comunicado da Câmara Municipal de Carregal do Sal