Unidades Móveis de Saúde elétricas na região de Viseu Dão Lafões

Tendo como objetivo permitir à população de Viseu Dão Lafões beneficiar de serviços de saúde de proximidade, a Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões, no passado dia 27 de abril, apresentou uma candidatura, ao Programa Operacional Centro 2020, para a aquisição de doze Unidades Móveis de Saúde.

Desenvolvida no âmbito do projeto de implementação de Unidades Móveis de Saúde na Região Viseu Dão Lafões, esta candidatura, com um valor global de aproximadamente meio milhão de euros, prevê a aquisição de doze viaturas ligeiras adaptadas a unidades móveis de prestação de cuidados de saúde às populações.

Este projeto intermunicipal, que conta com a parceria da Administração Regional de Saúde do Centro (ARS Centro), enquadra-se, na Estratégia Nacional e Regional para o Desenvolvimento dos Cuidados de Saúde Primários e visa promover a prestação de cuidados de saúde domiciliários a pessoas em situação de dependência funcional, doença crónica ou em processo de convalescença, cuja situação não permita a deslocação de forma autónoma.

Atendendo às cada vez mais prementes questões ambientais, as doze Unidades Móveis de Saúde serão elétricas contribuindo, assim, para a redução da pegada de carbono no território.  

De acordo com o Presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Rogério Mota Abrantes, “Esta aposta da CIM será uma mais-valia para o território, na medida em que irá aproximar os cuidados de saúde primários a todos os cidadãos, garantindo que as populações, independentemente da sua latitude geográfica ou dificuldades ao nível da mobilidade, tenham acesso pleno a serviços de saúde de qualidade e de proximidade”. 

Com esta iniciativa, estamos a reforçar os serviços de saúde domiciliários e de apoio social, numa lógica de maior proximidade e qualidade, sobretudo junto da população mais idosa, que, deste modo, poderá deixar de recorrer com tanta frequência aos Centros de Saúde, para atos médicos simples e de rotina”, concluiu o Presidente da CIM.