Exportações de vinho aceleram 2,96% em 2020

O vinho parece ser o setor exportador tradicional, mais resistente aos efeitos da pandemia do Sars-Cov2. Cresceu 3,2% em 2020, alcançando um novo recorde de vendas ao exterior, nos 846 milhões de euros, mais 27 milhões do que em 2019. E os primeiros dois meses de 2021 seguem a mesma tendência: as exportações aumentaram 2,96% para 121 milhões de euros. Destaque para o crescimento de 36,64% do Brasil, de 12,09% da Alemanha e de 7,86% do Canadá. Em sentido contrário, os EUA caíram 14,72% e França perdeu 3,93%.

“Vamos prosseguir o caminho da diversificação de mercados, com a convicção que a trajetória de crescimento das exportações terá de continuar com uma postura competitiva no mercado, apostando em saber vender bem, em valorizar a qualidade do nosso produto de modo a conseguirmos aumentar o preço médio”, disse Frederico Falcão, presidente da ViniPortugal.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies