Plano Ferroviário prevê comboios em Viseu com ligação a Mangualde

A ideia já foi muitas vezes avançada, durante o primeiro Governo PS – um novo corredor ferroviário, entre Aveiro e Viseu, com extensão a Mangualde e assim conexão com a Linha da Beira Alta.

O que o Executivo apresentou agora, através do Ministro da tutela, Pedro Nuno Santos, foi um Plano Nacional. De acordo com o Governante “é a primeira vez que Portugal tem um Plano Ferroviário nacional”. Está previsto que fique definido no prazo de “um ano” e com ligação “a todas as capitais de distrito”.

Bragança, Vila Real e Viseu, são as únicas que atualmente não têm comboio”.

O deputado do PS na Assembleia da República, José Rui Cruz, em declarações ao nosso jornal, é muito cauteloso sobre esta obra estruturante. Acredita mesmo que “não se concretize nos próximos tempos”, devido ao “avultado investimento”.

O também presidente da Federação de Viseu, claramente defende que o Governo “continue o investimento na Linha da Beira Alta” e  realça a importância para a região, de se concretizar “o projeto do IC37 entre Viseu e Seia”. Sobre o novo corredor Aveiro-Viseu-Mangualde, reforça a ideia: “Seria bom para Viseu, mas atendendo aos montantes envolvidos, tenho muitas reservas que seja possível”.

José Rui Cruz apela ainda a que “mais comboios, cheguem mais depressa a Lisboa,  ou pelo menos a Pampilhosa e Coimbra”. “O que nos faz mais falta é mais comboios que permitam às pessoas de Nelas chegarem rapidamente a Pampilhosa e Coimbra porque, às vezes, a viagem demora demais e muitas pessoas acabam por ir de de autocarro”, afirma.

O deputado é apologista que o futuro IC37, que vai ligar Viseu a Seia, resolva grande parte dos problemas atuais, realçando que “Viseu poderá sempre ter acesso à ferrovia, porque está a poucos minutos de Mangualde”. “Se a primeira fase desse investimento for feita entre Viseu e Nelas, ficaremos com uma distância de menos de 10 minutos”, destaca.

José Rui Cruz acrescenta que a nova estação que será construída em Nelas, para a Linha da Beira Alta, poderá no futuro contar ainda com ligações por shuttles elétricos ou combustível verde.

Contactado pelo nosso jornal, o presidente da Câmara de Nelas, corrobora e defende a posição assumida por José Rui Cruz. Borges da Silva, disse-nos: “Faço das palavras do deputado José Rui Cruz, as minhas”.

Também contactámos o Deputado do PSD, eleito pelo círculo de Viseu, Pedro Alves. O também presidente da Distrital dos social-democratas, ainda não nos fez chegar a sua posição.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies