Desemprego aumenta fortemente em Carregal do Sal e Oliveira do Hospital

Análise da evolução do número de desempregados inscritos nos Centros de Emprego (desagregação por concelhos), entre o primeiro mês de impacto da pandemia de Covid-19 (Março de 2020) e o mês de Março de 2021

Carregal do Sal tinha em Março de 2020, 222 inscritos no centro de emprego, como desempregados. Em Março de 2021, 309 ativos sem emprego.

O concelho registou assim um aumento exponencial, no espaço de um ano (Março de 2020 a Março de 2021), de 39% no número de desempregados.

Oliveira do Hospital tinha em Março de 2020, 601 inscritos no centro de emprego, como desempregados. Em Março de 2021, 693 ativos sem emprego.

O concelho registou assim um forte aumento no número de desempregados. Cresceram 15% no espaço de um ano (Março de 2020 a Março de 2021).

Nelas tinha em Março de 2020, 439 inscritos no centro de emprego, como desempregados. Em Março de 2021, 458 ativos sem emprego.

O concelho tem assim registado um aumento, ainda que moderado, do número de desempregados. Cresceram 4,3% no espaço de um ano (Março de 2020 a Março de 2021).

Mangualde tinha em Março de 2020, 644 inscritos no centro de emprego, como desempregados. Em Março de 2021, 652 ativos sem emprego.

O concelho registou assim um incremento de apenas 1,2% do número de desempregados, no espaço de um ano (Março de 2020 a Março de 2021), o menor aumento nos concelhos que analisámos.

Os Centros de emprego em Portugal, contabilizaram 432 851 desempregados em março, em máximo de quatro anos.

Face a março de 2020, primeiro mês de impacto da pandemia no país, o mês passado terminou com mais 89 090 inscrições no desemprego, ou mais 25,9%.