AHRESP: “Turismo continua ausente do Plano de Recuperação e Resiliência” 

Após receber os contributos resultantes da consulta pública, o Primeiro-Ministro apresentou na passada sexta-feira a nova versão do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Porém, apesar da inclusão de uma componente direcionada para a Cultura, de uma forma geral o setor do turismo permanece ausente das estratégias e investimentos propostos. No contributo apresentado pela AHRESP, foi salientado que a resiliência que o turismo demonstrou em vários momentos de crise exige uma nova abordagem estratégica que lhe permita recuperar da crise atual, de forma a estimular uma recuperação mais ampla e célere da economia nacional. Não obstante o PRR ser um documento de linhas macro, em que algumas das matérias são transversais a várias atividades, a realidade é que se deveria atender a um capítulo específico destinada àquela que era, até março de 2020, a maior atividade económica exportadora do país.