António Costa reúne-se com Rogério Abrantes: Reforço de testagem e mais policiamento

Em conferência de imprensa, António Costa revelou a necessidade de reforçar a testagem e a presença policial nos locais de maior risco de transmissão do novo coronaviruscomo é o caso dos concelhos de Carregal do Sal.

O primeiro-ministro, António Costa, esteve reunido com os sete presidentes de Câmara dos concelhos que têm valores acima dos 240 casos por 100 mil habitantes — Alandroal, Carregal do Sal, Moura, Odemira, Portimão, Ribeira de Pena e Rio Maior —, de forma a analisar o que é necessário “para evitar que alguns concelhos tenham de regredir” no processo de desconfinamento.

Analisada a situação, chegou-se à conclusão que estes locais englobam “surtos com origem em situações onde há concentração de pessoas em habitação precária temporária, associada a grandes obras públicas em curso, colheitas ou trabalhos em unidades industriais”, explicou António Costa.

“Vamos articular ações específicas da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), em conjunto com as autoridades de saúde pública, tendo em vista criar melhores condições sanitárias nesses locais de residência e, também, para que se desenvolvam ações de testagem massiva nos casos em que não se encontrem em curso. É preciso detetar pessoas infetadas e quebrar as cadeias de transmissão”, declarou.