Rede cultural “Cultura no Dão“ arranca

Aconteceu ontem, dia 23 março, pelas 15 horas, a apresentação do projeto da rede cultural “Cultura no Dão“ que une os  Municípios de Nelas, Mangualde e Penalva do Castelo, projeto esse financiado pelo Centro 2020, no âmbito do Aviso n.º Centro-14-2020-12, com a verba de 295.000€ e que visa, em termos de estratégia, desenvolver o movimento cultural na vertente associativa, nos 3 Municípios, sendo constituído por 45 eventos, 15 a realizar em cada um deles.

Os eventos, mercê do ambiente de pandemia que ainda se vive, serão constituídos por atuações preferencialmente ao ar livre, em zonas verdes e zonas históricas, e serão levados a efeito até ao final do corrente ano de 2021.

Alguns dos eventos tiveram já lugar em 2020, prosseguindo em 2021 já no dia 27 de março com o espetáculo “Amentar das Almas“, com transmissão online no “Facebook” dos 3 Municípios e com atuações, a partir das 21h30, da Associação Filarmónica de Vilar Seco, do Rancho Folclórico de Santo Amaro de Azurara de Mangualde e do Grupo de Cantares da Ínsua.

No Município de Nelas e no âmbito deste projeto, destacam-se a título de exemplo espetáculos como “Noites Semínimas“, a cargo da Associação Contracanto, o Festival de Artes Performativas “Habitua-te”, o Festival de Jazz “in Time“, o “MunicípioAnima“ (animação de verão com artistas locais), recriações históricas e espetáculos no âmbito da Feira do Vinho do Dão, tudo ações a realizar, essencialmente, de abril a outubro do corrente ano.

Além desta rede cultural da “Cultura no Dão“, o Município de Nelas terá ainda o programa cultural decorrente da aprovação do projeto de igual índole denominado “Alto Mondego, versão 2.0“, este em rede com os Municípios de Mangualde, Fornos de Algodres e Gouveia, rede de Municípios do Alto Mondego que espera concluir também o programa cultural que estava em curso na vertente de teatro, a cargo da Associação Contracanto.

Acresce que o Município de Nelas verá ainda associações suas e os seus Munícipes serem contemplados com os espetáculos e uma outra rede cultural, financiada pelo Centro 2020 à CIM Viseu Dão Lafões, e que envolverá espetáculos como as “Músicas que o Vinho Dão“, que percorrerá alguns dos Municípios da CIM e um espetáculo a criar pelas associações culturais envolvidas na rede cultural como a Acert, o Teatro Viriato ou Teatro Montemuro, entre outros, que percorrerá todos os municípios do território.

Porque nem só de pão vive o homem, no Concelho de Nelas, como nos restantes territórios vizinhos, também a alma precisa de ser alimentada.