Autarquia de Oliveira do Hospital promove ““BIBLIO EXPRESSO”

O Município de Oliveira do Hospital, através das Bibliotecas Públicas Municipais de Oliveira do Hospital, vai passar a fazer entregas de livros ao domicílio em todo o concelho.

Através desta nova iniciativa, “BIBLIO EXPRESSO” os leitores do concelho de Oliveira do Hospital podem continuar a ter acesso à leitura recebendo os livros pretendidos no conforto das suas residências.

Dada a pandemia que atravessamos e numa altura em que a população está obrigada ao dever geral de recolhimento domiciliário, esta é também mais uma medida da autarquia, que se junta a outras que o município tem vindo a lançar no apoio à população, promovendo a sua segurança, especialmente num momento em que é pedido a todos que se protejam e fiquem em casa.

Através da iniciativa “BIBLIO EXPRESSO” a equipa das bibliotecas públicas deixa os livros à porta de casa dos leitores, promovendo e potenciando os hábitos de leitura junto de toda a família, sendo certo que as “suas bibliotecas estarão ainda mais perto de si”.

Para aceder a este serviço gratuito, os leitores podem consultar o catálogo online (disponível em: http://bm-oliveiradohospital.no-ip.biz/ e criar o seu pack – infantil (0 aos 10 anos); jovem (10 aos 16 anos); adulto (a partir dos 16) e familiar (0 aos 100 anos).

De referir que até aos 12 anos serão disponibilizados 2 livros por cada leitor e para idades superiores podem ser requisitados até 3 livros por leitor. Após a escolha dos livros que pretende ler, o pedido poderá ser feito através dos contatos da Biblioteca de Oliveira do Hospital ([email protected] ou 238 692 376) ou da Biblioteca de Lagares da Beira ([email protected] ou 238608648), entre as 9H00 e as 17H00, de segunda a sexta-feira.

É de realçar que este serviço é inteiramente gratuito e abrange todas as freguesias do concelho. A requisição é válida por 30 dias e as entregas dos packs aos leitores será realizada às 3ª e 5ª feiras.

A iniciativa “BIBLIO EXPRESSO” obedecerá a todas as normas de segurança da Direção Geral de Saúde, e todos os livros cumprirão uma quarentena de 10 dias.

Como assinala Graça Silva, vereadora da Cultura, este é mais um incentivo da autarquia e das suas bibliotecas públicas para fomentar a leitura, nestes tempos difíceis que atravessamos, como um momento de lazer, de aquisição de conhecimento e partilha em família.

“Fique em casa na nossa companhia”, conclui.

CM de Olveira do Hospital