Diogo Rocha, Curva dos Valinhos, Girabolhos e Criação de Emprego

cof

Dos diversos assuntos, e foram muitos, tratados ontem, 27 de novembro, na reunião de Câmara em Nelas, selecionamos os que consideramos mais importantes

Diogo Rocha vê atribuída medalha de mérito municipal

O Chef, natural da Urgeiriça, conquistou a sua primeira estrela no mais famoso guia de Restaurantes do mundo (Michelin).Como forma de reconhecer o seu trabalho, viu aprovada a atribuição da Medalha de Mérito Municipal. A proposta foi do Presidente da Câmara e teve apenas o voto contra de Manuel Marques, que o justificou com os “insultos que proferiu contras os Bombeiros de Nelas, numa Feira do Vinho”. “Os Bombeiros são sagrados – defendem os cidadãos – e não voto louvores e medalhas a quem os insulta, demonstrando falta de civismo”.

Compensação Girabolhos

O vereador Manuel Marques questionou o Executivo PS, sobre a falta de pagamento “como tinha sido prometido às Associações do Concelho”, que receberiam assim também algum montante da compensação que o Município recebeu da Endesa, pela não construção da Barragem de Girabolhos. O Edil explicou que “foram atribuídos 1,5 milhões de euros a cada autarquia e estava prevista essa verba poder ser maior (chegar a 2 milhões), dependendo de estudo de impacto ambiental e  o IVA ser ou não redutível”. Borges da Silva quantificou o valor atribuído (1,590 milhões) e justificou que “as obras feitas absorveram este valor”. Marques rejeitou a questão do IVA, dizendo que tal “não consta no acordo celebrado”.

Curva de Valinhos : A curva da morte

O Presidente da Câmara informou estar em contacto com a Infraestruturas de Portugal, para resolver de forma estrutural o problema, depois de interpelado por Manuel Marques.

Empresa Inglesa de pedras ornamentais

Borges da Silva revelou que uma empresa Inglesa deste setor, se  propõe realizar um investimento no concelho: Centro Logístico para Exportação.

Joaquim Amaral, que analisou o protocolo proposto, disse que o mesmo prevê “10 postos de trabalho” e sustentou que “deveria ficar em aberto no documento a possibilidade de jovens do concelho serem recrutados para estágios, como forma de os fixar em Nelas”. O protocolo foi aprovado por unanimidade

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies