Oliveirinha (Carregal do Sal).Avô do agressor do “pé de cabra” faleceu no dia seguinte ao crime

António Ramiro Carvalho tinha 86 anos. Faleceu na passada semana, tendo-se realizado o funeral na passada segunda feira, 28 de outubro. Era avô do agressor de Oliveirinha (Carregal do Sal) – um jovem de 28 anos que terá cometido um crime com diversos golpes na cabeça da vítima, uma idosa de 63 anos, sobrinha de António Carvalho, usando para o efeito um arranca pregos, vulgo “pé de cabra”. Faleceu no dia seguinte da tentativa de homicídio, depois de no próprio dia do crime ter sido encaminhado para o Hospital de São Teotónio, em Viseu.

Hoje, 31 de outubro, diversas fontes por nós contactadas em Carregal do Sal, deram conta que o crime foi uma “surpresa”, pois o jovem agressor é considerado uma pessoa “doce e pacífica”. “Uma jóia de rapaz”, dizem na aldeia. A questão do uso da serventia de terrenos vem, supostamente, de há longos anos e é sobejamente conhecida na localidade. “Várias queixas existiram e até advogados se deslocaram várias vezes ao local”, relata-nos um residente, que nos revela : “A agredida dizia várias vezes a António Carvalho que já era hora de ele morrer”, alegadamente provocando-o com frequência, conta-nos outro residente. A vítima terá mesmo ido, presumivelmente, junto da casa do Tio, no dia do crime, novamente provocá-lo. Foi então que o neto saiu em defesa do Avô, agredindo com gravidade a idosa, naquilo que a Polícia Judiciária considerou um homicídio na forma tentada.

 

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies