BE critica deslocalização do helicóptero do INEM de Santa Comba Dão para Viseu

No passado dia 22 de outubro de 2019, o helicóptero do INEM foi transferido para Viseu, bem como a VMER (veículo médico de emergência rápida) associado ao mesmo serviço. Como justificação, a ANAC reitera o facto de que o heliporto não tem as necessárias alterações que a Direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Santa Comba Dão há muito tem alertado o Sr. Presidente da Câmara da necessidade de serem concretizadas, segundo comunicado emitido por essa direção.

Lamenta-se que o Exmo. Sr. Presidente da Câmara tenha sido alertado várias vezes pelos bombeiros e, em ata da última Assembleia Municipal, questionado perante tais rumores referentes à deslocação do helicóptero, afirma que se tratavam disso mesmo, rumores; defendendo tal tese pelo facto de ter já questionado o Ministério das Infraestruturas de Portugal e o Presidente do INEM. O que demonstra uma desorganização e descoordenação entre as diferentes entidades e a autarquia com relevantes consequências para as populações do concelho de Santa Comba Dão e concelhos limítrofes, bem como parte da região Centro servida por tal helicóptero de emergência.

As dificuldades que o heliporto de Santa Comba Dão apresenta são passíveis de serem resolvidas e, por isso, não se justifica a deslocação de tal serviço essencial devido à descoordenação e ineficácia entre as entidades de decisão e o munícipio. Salvaguardando sempre o papel dos bombeiros de Santa Comba Dão que desde sempre encetaram esforços para manter aquele serviço e outros resultantes da posição estratégica nesta região.

Este ato prejudica não só a população de Santa Comba Dão e a região que serve, mas também o país inteiro. Pelo que é essencial e exigível DEVOLVER O HELICOPTERO E A VMER A SANTA COMBA DÃO!”

Nota de Imprensa do Bloco de Esquerda

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies