Alterações ao trânsito no IP3 devido ao avanço das obras de requalificação

As alterações a implementar serão as seguintes:

i) no dia 22 de outubro, será feito o basculamento de trânsito no sentido Coimbra /Viseu, entre os km 67,4 e 69,2 (zona de influência do Nó da Raiva), ficando, neste troço, o trânsito a circular em 1 via por sentido.

ii) no dia 25 de outubro, será feita a supressão da faixa direita (sentido Coimbra-Viseu), entre os km 74,2 e 75,2 (Zona de influência dos Nós da Lagoa Azul e Mortágua),  ficando a circulação a funcionar em 1 via em cada sentido, na atual faixa esquerda.                         

A IP prevê que ambas as alterações tenham uma duração de 4 a 5 semanas.

Face a estes dois novos condicionamentos, o IP3 estará com tráfego condicionado entre os km’s 59 e 61, 64,5 e 66,8, 67,4 e 69,2 e 74,2 a 75,2.

A IP recorda que os condicionamentos tiveram início em 1 de julho prolongando-se por um período de 10 meses.

A empreitada de requalificação do troço do IP3, com cerca de 16 quilómetros, entre o Nó de Penacova e o Nó do Lagoa Azul, junto à ponte da Foz do Dão, teve início no passado mês de maio e tem um prazo de execução de 330 dias.

Esta obra representa um investimento no valor de 11,8 milhões de euros no reforço das condições de circulação, mobilidade e segurança de uma das principais vias de ligação do interior do país.

No âmbito da empreitada esta a ser realizada a requalificação integral do troço do IP3 entre a proximidade do Nó de Penacova (km 59) e o Nó do Lagoa Azul, (km 75,160), envolvendo a realização dos seguintes trabalhos:

– Construção de dois novos Nós de ligação (Nó de Oliveira do Mondego e Nó de Cunhedo), eliminando as atuais interceções de nível existentes com viragens à esquerda.

– Requalificação do caminho existente sob a Ponte do Mondego para permitir a articulação dos movimentos de tráfego do Nó de Oliveira do Mondego.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies