Hospital CUF Viseu anuncia cirurgia minimamente invasiva à coluna

Ser operado à coluna ao início da tarde e voltar para casa a tempo de jantar. Há não muito tempo, este tipo de afirmação seria impossível. No entanto, hoje é já uma realidade em centros cirúrgicos de referência e devidamente apetrechados com tecnologia de ponta e recursos humanos qualificados como é o caso do Hospital CUF Viseu – em todo o distrito é a única Unidade de saúde que desenvolve a Cirurgia de Hérnias discais (coluna) via endoscópica – um novo passo na cirurgia minimamente invasiva. 

O Hospital CUF Viseu tem reforçado a aposta na criação de condições para o desenvolvimento das mais complexas atividades cirúrgicas e que permitem, ao mesmo tempo, melhorar a resposta do paciente e a sua recuperação pós operatória. A mais recente intervenção é a correção de hérnias discais por via endoscópica. Esta via permite incisões muito pequenas à semelhança das cirurgias abdominais laparoscópicas.

Miguel Trigo Carvalho, Neurocirurgião da Unidade da Coluna do Hospital CUF Viseu, explica que “a cirurgia minimamente invasiva da coluna realizada em ambulatório (sem necessidade de internamento), neste caso da remoção de uma hérnia discal, traz claras vantagens para o doente. Desde logo pela diminuição do tempo de recuperação, mas também pelo reduzido tamanho da cicatriz (três vezes menor do que o convencional)”. Em súmula, explica o especialista, “é uma cirurgia menos destrutiva, com redução significativa da dor no pós operatório e com um maior conforto para o doente”.

Miguel Trigo Carvalho explica ainda que este tipo de cirurgia pode ser utilizado em cirurgia para remoção de hérnias ou para descompressão de nervos na coluna.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies