Lusoberry aposta forte na produção de Framboesa

São colhidas durante todo o ano, exceto os meses dezembro e janeiro, por opção do produtor, e cada vez têm mais apreciadores.

A Framboesa é um dos frutos silvestres “unicórnio” de Portugal, na atualidade. Com o Mirtilo, a Amora e alguns outros frutos, são responsáveis pelo aumento exponencial das exportações (a título de exemplo, já ultrapassaram em valor a pêra rocha – um dos produtos estrela de Portugal). É a nova agricultura a ocupar solos, a empregar pessoas e a dinamizar a Economia e o interior do país.

Nuno Pereira, criador da marca “Capital dos Frutos Silvestres”, pretende continuar a apostar neste setor promissor, apesar das contrariedades climatéricas e falta de união entre produtores. “Por exemplo, o furacão Leslie destruir as coberturas das nossas estufas, mas somos persistentes e continuamos a investir”, conta ao nosso jornal na exploração que a Lusoberry detém em Andorinha (Oliveira do Hospital).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um dos aspetos que lamenta no negócio é não ter outra capacidade para se impor no mercado, nomeadamente “a nível de preços, pois os clientes fazem o que querem”, exortando assim a uma maior “concentração e união na comercialização”, que poderia “beneficiar todos”. Foi este aliás um dos fatores que presidiu à constituição da “Capital dos Frutos Silvestres”, que pretende agregar produtores da região. Satisfeito por ver amadurecer os seus frutos, em que na mesma planta coexistem com maturações diferentes, é notoriamente esta uma das áreas onde se sente bem, rodeado de uma equipa composta por portugueses, brasileiros, indianos e até gente do bangladesh. “Temos falta de mão de obra, e estas equipas trabalham muito bem”, afiança, ao mesmo tempo que nos mostra a charca com pouca água e o investimento em curso na busca de água – um bem que começa a ser escasso. “Temos que extrair toda esta pedra, para procurar água, porque sem água não há agricultura”, conclui.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies