Detido pela PJ por atear fogo no concelho de Viseu

Um homem foi detido por suspeita de ter ateado, em julho, um incêndio florestal numa freguesia do concelho de Viseu, fez saber esta sexta-feira a Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado, a PJ explica que a Diretoria do Centro, com a colaboração do Núcleo de Proteção Ambiental da GNR de Viseu, deteve na quarta-feira o presumível incendiário, um desempregado de 36 anos de idade sobre quem recaem suspeitas de envolvimento em outros incêndios florestais.

“O suspeito, presumindo-se que recorrendo a chama direta, terá colocado o foco de incêndio em zona florestal e agrícola, povoada com matos, pinheiros e várias dezenas de hectares de vinha da região do Dão, respetivamente, nas imediações da zona urbana”, avança a PJ, recordando que “o incêndio não atingiu proporções mais gravosas devido à rápida intervenção dos sapadores florestais e bombeiros”.

O detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das adequadas medidas de coação.

 

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies