Oliveira do Hospital.Luís Travassos (ARCIAL) convocado para Seleção Nacional de ParaHóquei

O atleta Luís Travassos, da ARCIAL – Associação para a Recuperação de Cidadãos Inadaptados de Oliveira do Hospital, foi convocado para a Seleção Nacional de Portugal que marcará presença no 5.º Campeonato da Europa de ParaHóquei (Euro ParaHoquey Championship) que se realizará de 18 a 22 de agosto de 2019 em Antuérpia, na Bélgica.

Ao longo da época 2018/2019, foram quatro os jogadores da instituição a participar nos oito estágios de preparação da Seleção Nacional, pelo que a presença de Luís Travassos na escolha final não constituiu surpresa.

É a segunda presença consecutiva de um atleta da ARCIAL entre os eleitos para defender as cores de Portugal no Campeonato da Europa, depois de Marco Marques, em 2017, ter feito parte da equipa que se sagrou campeã europeia em Amsterdão. O jogador da ARCIAL viria mesmo a receber, em janeiro do ano seguinte, o troféu de Atleta do Ano na Gala do Desporto de Oliveira do Hospital.

A convocatória de Luís Travassos é, até à data, o último ponto de um percurso iniciado em maio de 2016, quando a ARCIAL decidiu investir numa modalidade em que acabou por alcançar notoriedade nacional, ao mesmo tempo que possibilita a um vasto conjunto de atletas com incapacidades a prática contínua de uma modalidade desportiva. Sob o comando do técnico João Quaresma, a aposta no ParaHóquei já permitiu à ARCIAL a conquista do Campeonato Regional Indoor e dos títulos de vice-campeão nacional na vertente Indoor e Outdoor, para além de ter tornado a instituição num dos habituais fornecedores de jogadores da seleção.

Agora, e depois de Carlos Martins (futebol), Alexandre Marques (hóquei em patins) e Marco Marques (ParaHóquei), Luís Travassos será o próximo atleta oliveirense a defender a camisola de Portugal numa competição internacional.

Portugal venceu as duas últimas edições do Campeonato da Europa de ParaHóquei, pelo que a presença na quinta edição da prova é encarada com expectativas elevadas. Em 2015, em Londres, a selecção portuguesa bateu a Holanda na final por 2-1, enquanto em 2017, em Amsterdão, o jogo decisivo foi disputado com a Itália, que perdeu por 3-2 com a equipa lusitana.

Fonte : ARCIAL Oliveira do Hospital

 

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies