Mangualde : Grupo Belga compra 60‰ da CBI2 (Fatos por medida)

O grupo belga Scabal que vestiu Marlon Brando no filme o padrinho, está a investir em Mangualde, onde comprou uma posição de 60% na CBI2, apresentada como a primeira fábrica de fatos por medida feita de raiz em Portugal.

A CBI 2, fundada em 2018 por Francisco Batista, do grupo de confecções CBI, tem 100 trabalhadores, faz diariamente 60 fatos por medida, quer duplicar a sua capacidade produtiva até 2020 e já tinha atraído propostas de investidores de outros países, diz o jornal T, da ATP – Associação Têxtil e Vestuário de Portugal.

A Scabal-Société Commerciale Anglo Belgo Allemande Luxembourgeoise, criada em 1938, tem sede em Bruxelas e especializou-se na produção e retalho de fatos de homem, tendo lojas em cidades como Londres, Paris, Bruxelas, Genebra, Xangai e Seul.

O grupo CBI, que vendeu os 60% da sua fábrica de Mangualde aos belgas, tem um volume de negócios de 30 milhões de euros, 780 trabalhadores e um projeto para investir 1,5 milhões de euros numa nova linha industrial de alfaiataria por medida em Arganil, na Amma, que entrou no universo da CBI em 2017, depois de um acordo de Francisco Batista com os principais credores da empresa para ficar com a marca Carlo Visconti, equipamento produtivo e 160 trabalhadores.

O grupo CBI também integra a AfroPants, em S.Vicente (Cabo Verde), onde faz calças e casacos de senhora e tem ba carteira de clientes marcas como a Massimo Dutti, Polo Ralph Lauren, Calvin Klein ou Sacoor.

FONTE : https://expresso.pt/economia/2019-08-02-Textil.-Belgas-que-vestiram-O-Padrinho-investem-em-Mangualde

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies