Rogério Abrantes demite-se da CIM Viseu Dão Lafões em rota de colisão com Almeida Henriques

O também presidente da Câmara de Carregal do Sal, desafia mesmo o Edil de Viseu a candidatar-se à liderança da Comunidade Intermunicipal em setembro próximo, quando irá demitir-se

Já foi publicamente assumida a divergência entre os dois autarcas, em determinadas matérias. O episódio mais recente está relacionado com declarações do autarca de Viseu ao Jornal do Centro, a propósito da reunião da direção da CIM com o Ministro da Infraestruturas, Pedro Nuno Santos. Almeida Henriques acusou o seu colega de “não ajudar a promover a união entre autarcas”, por não ter convocado os restantes presidentes de Câmara para a referida reunião, colocando em causa também a “liderança e competência” do presidente da CIM. Rogério Abrantes foi contundente na resposta : “Não sou vaidoso e não gosto de trazer para a praça pública coisas que devem ser tratadas nos respetivos órgãos”. “Há pessoas vaidosas, que pensam que por andarem sempre nos jornais é que sobressaem, dando-lhes direito de chegarem a ser mal educadas”, atirou, vincando “a minha vida sempre foi de empresário e olho com orgulho para o meu passado, o que talvez outros não possam sentir o mesmo, relativamente ao seu passado”, enfatizando que “as competências e incompetências têm que ser medidas pelo que se faz uma vida inteira e não somente pelo que se faz hoje”. Acusando o seu colega de ser “mentiroso”, pois, contrariamente ao que revelou o autarca de Viseu, “não fui convidado para a reunião com a Ministra da Saúde”, Rogério Abrantes desafia Almeida Henriques a candidatar-se a presidente do Conselho da CIM Viseu Dão Lafões, na reunião que irá aconteceu em setembro, na qual vai colocar o seu lugar à disposição.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies