Inaugurado o novo quartel dos Bombeiros de Viseu

O investimento superior a 900 mil euros permite ter um quartel moderno e mais eficaz

No 192º aniversário da corporação o Presidente da Câmara, Almeida Henriques, na Presença do Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, inaugurou o novo quartel dos Bombeiros Sapadores de Viseu, no Aeródromo.

As celebrações do aniversário contaram com a integração de 12 novos bombeiros, perfazendo agora uma equipa de 46, e com o anúncio de que em 2020 mais 12 operacionais se juntarão para dar resposta às necessidades do corpo de Bombeiros. Foi ainda nesta cerimónia que tomou posse o Ajunto Técnico de Comando, um bombeiro que com 20 anos de experiência e com formação na área da proteção civil.

Será no espaço do agora denominado Quartel do Aeródromo que nasce também a Unidade de Proteção Civil que albergará o Gabinete Técnico Florestal de forma a aproximar a fase de prevenção de incêndios e o momento do combate, melhorando assim a eficácia e respondendo de forma mais coesa para o bem-estar da comunidade.

Esta unidade de Proteção Civil permite que o Município fique tecnicamente preparado para a transferência de competências de segurança contra incêndios em edifícios. Tendo o Presidente da Câmara salientado que “função que acaba por já ser feita por nós, embora neste momento a ANEPC tenha essa competência não tem capacidade de resposta”.

O Quartel do Aeródromo, um investimento superior a 900 mil euros, está equipado com um moderno equipamento que prestará apoio a todas as operações de proteção e de socorro. Reforçando e melhorando as condições de operacionalidade da corporação de bombeiros sapadores que até à data se encontravam muito limitadas, tanto pela dimensão, como pelas funcionalidades disponíveis no quartel. A escolha da localização deste novo edifício permite que seja dado um maior apoio às ações de proteção e socorro coordenadas pela Autoridade Nacional de Proteção Civil, assim como um apoio operacional aos voos regulares de passageiros do aeródromo.

O autarca salientou a modernidade do Quartel do Aeródromo que tem já em funcionamento “uma central de telecomunicações capacitada com tecnologia, hardware e software, para a partir de hoje poder começar a operar com as várias entidades – ANEPC e Corpos de Bombeiros – a partir de satélite. Esta redundância em satélite permite em caso de catástrofe, acontecendo falhas na rede ou na fibra, que não percamos a capacidade de comunicar com os nossos operacionais desde que estejam ligados a satélite ou online. Os nossos dois quarteis passam assim a ter este tecnologia permitindo a melhor gestão e monitorização de ocorrências.”

O antigo quartel não deixará de funcionar chamando-se agora Quartel da Cidade e onde se dará suporte e apoio a intervenções de socorro de proximidade em contexto urbano.

Durante a intervenção o Presidente da Câmara salientou o trabalho multilateral que tem sido feito no  Município “muitas vezes substituindo-se ao Governo Central, mas em conjunto com uma equipa multidisciplinar, que inclui a GNR e o ICNF e, claro, os Bombeiros Sapadores e Voluntários, que também apoiamos”.

O dia terminou com uma homenagem ao Comandante Piloto João Lima, na presença da sua família. A sala do Diretor do Aeródromo passa assim a ter o nome de um piloto que faleceu ao serviço da nação e que marcou indelevelmente a história do Aeródromo.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies