Jorge Coelho : “Os prazos para a execução das obras no IP3 são absolutamente inaceitáveis”

Autarcas da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões e empresários da região estão insatisfeitos com os prazos para a requalificação do IP3. Responsáveis da empresa pública Infraestruturas de Portugal (IP) dizem que o projeto só ficará pronto em 2024.

Jorge Coelho, empresário sedeado em Mangualde, com a maior queijaria de Queijo Serra da Estrela DOP, afirmou em entrevista ao Jornal do Centro que “os prazos da obra são absolutamente inaceitáveis, repito para ficar bem claro, são absolutamente inaceitáveis os prazos apontados pela IP relativamente à execução deste projeto. São prazos contraditórios sobre a informação que foi prestada ao longo dos últimos tempos e não são aceitáveis”. O ex Ministro do PS defende que o Governo “tem que liderar politicamente o processo”.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies