O descalabro financeiro da autarquia de Nelas. Opinião por Manuel Marques

No dia oito de maio de 2019, um jornal diário de grande tiragem nacional, publicou o “RANKING TOTAL DA SUSTENTABILIDADE DOS MUNICIPIOS, essa publicação é arrasadora e catastrófica para a nossa câmara Municipal, diremos mesmo vergonhosa.

Acresce a tudo isto, os serviços prestados pelos fornecedores e empreiteiros que o atual presidente da Câmara Municipal, não deixa faturar por não ter Fundos Disponíveis, segundo fomos informados pelas queixas que me apresentaram rondam muitos milhares de euros.

E por isso, não nos responde aos nossos pedidos de informação sobre essa matéria.

Chegou-nos a informação e de fonte oficial, que nem o próprio presidente da câmara sabe qual é o atual valor da divida do município, assim vai o descalabro financeiro da nossa câmara!

Também de fonte oficial nos informaram que alguns fornecedores se negam fornecer a Câmara Municipal.

Não fosse a Câmara do nosso concelho, a consequência de eventuais dificuldades para as populações, hoje estaríamos sentados num cadeirão a rir-nos de felicidade. Dado que, em tempos advertimos os gastos em festas, festarolas, rallies, lonas e pendões e quase que fomos crucificados pela nossa advertência de então.

Não! Não o fazemos, pois que, é o nosso Concelho e as suas Gentes que estão em causa e merecem uma boa qualidade de vida e também não merecem um aumento de impostos como vais acontecer, designadamente a fatura da água.

Quem não se recorda do folclore que o atual presidente da Câmara fez em 2013, com a divida da câmara? Com a nomeação dos políticos pelo anterior executivo.

Este presidente fez bem pior! Aumentou a divida em mais de três milhões de euros, enxameou a Câmara de pessoal politico e de avenças para os seus amigos.

Perguntamos onde estão as obras de proximidade das populações, nomeadamente as sociais?

Por mentir às populações, deve demitir-se!

Em alternativa, deve ser criada uma convergência de cidadãos e cidadãs em que para si a vida pública esteja em primeiro lugar, em detrimento da pessoal, tirando a nossa Câmara do seu descalabro financeiro.

O Vereador do CDS/PP

Manuel Marques

 

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies