BE Carregal do Sal denuncia e monitoriza descargas poluentes Parque Industrial da Gândara (Carregal do Sal)

Na sequência da denúncia feita pelo Núcleo Concelhio de Carregal do Sal do Bloco de Esquerda no passado dia 28 de Janeiro de 2019 com a presença da deputada na Assembleia da República, Maria Manuel Rola, quando pudemos constatar descargas poluentes e ilegais de efluentes no Parque Industrial da Gândara, em Carregal do Sal. Os principais focos de poluição tinham um cheiro intenso a soro e produtos lácteos que decorriam de um curso de água.

Depois da inspecção, feita ao local, da Agência Portuguesa do Ambiente acompanhados por técnicos do Município, em resposta dada ao BE no dia 8 de Abril de 2019, foi-lhes possível verificar a existência de indícios de rejeição de efluente para o sistema público de águas pluviais. Verificaram ainda uma pequena ruptura numa caixa de visita do sistema de águas residuais.
O responsável do Município comprometeu-se a executar a reparação da ruptura no mais curto espaço de tempo possível.

Temos conhecimento ainda que a SEPNA elaborou recentemente Autos de Notícia à empresa poluente por rejeição de efluentes sem Título de Utilização de Recursos Hídricos, e que a empresa foi aconselhada a criar uma bacia de contenção no cais de descarga de leite, com vista ao encaminhamento de eventuais derrames de leite para a ETAR de Cabriz.

O Núcleo Concelhio de Carregal do Sal do BE continuará a acompanhar a situação para que estes crimes ambientais não continuem a acontecer pedindo responsabilidade e boas práticas para preservar o que é de todos. Parabenizamos todos projectos que criam um emprego de qualidade no nosso concelho e que elevam o nome de Carregal do Sal pelo país e pela Europa, mas não pode ser sustentado em crimes ambientais prejudicando assim o que deve ser urgentemente preservado, o ambiente.

O Núcleo Concelhio de Carregal do Sal do BE

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies