“Histórias que dão para ver” sobe ao palco em Mangualde

NA IGREJA DA MISERICÓRDIA, PELAS 21H30

Um projeto do Teatro de Montemuro,promovido pela Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões

Mangualde recebe o espetáculo de teatro “Histórias que dão para ver”, um projeto do Teatro de Montemuro, promovido pela Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões, e que pretende promover a região, as suas companhias, os municípios que acolhem os espetáculos e as pessoas. A peça estará em cena na Igreja da Misericórdia de Mangualde (nas salas contíguas à Igreja), nos dias 22 e 23 de março, pelas 21h30.

Nesta produção unem-se as linguagens das várias estruturas que integram a Rede Cultural Viseu Dão Lafões e alia-se o património imaterial a edifícios de importância cultural, resultando em cada um dos municípios num espetáculo único, com características próprias e com forte envolvimento da comunidade. O espetáculo terá cinco histórias e um guia transportará o público entre elas. Para tal, o espetáculo contará com a participação de 14 mulheres, uma vez que, segundo o encenador do espetáculo, Paulo Duarte, “fala muito da igualdade e do tradicional e do moderno”. 

O espetáculo destina-se a maiores de 12 anos e tem entrada gratuita, no entanto obriga à reserva de bilhete, já que é limitado a 60 pessoas por sessão. Os bilhetes estão disponíveis na Biblioteca Municipal Dr. Alexandre Alves de Mangualde (Telefone: 232 619 889 / 232 617 172) e devem ser levantados até ao dia 20 de março.

O texto é de João Luís Oliva, com encenação de Paulo Duarte, espaço cénico de Ana Brum, direção musical de Rui Sousa, produção do Teatro do Montemuro e conta com a participação da Rede Cultural Viseu Dão Lafões – ACERT, Binaural/Nodar, Cine Clube de Viseu, Teatro Viriato/Companhia Paulo Ribeiro.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies