Autarquia de Viseu investe sete milhões investidos na recolha de resíduos

Projeto Viseu Recicla reforça estatuto da Cidade-Jardim. Viseu contará com mais sete viaturas para recolha de resíduos e verá duplicado o número de ilhas ecológicas

O presidente da Câmara de Viseu, Almeida Henriques, diz que o projeto Viseu Recicla traz um novo paradigma ambiental ao Município, pedindo, assim, o envolvimento da comunidade de forma a corresponder ao investimento de sete milhões de euros que está a ser feito.

Ao intervir na sessão de apresentação do projeto Viseu Recicla, o autarca salientou a necessidade de “uma maior preocupação com a deposição seletiva de resíduos”. E com o reforço de meios, quer com a duplicação de ilhas ecológicas no concelho, quer com as viaturas afetas à recolha de resíduos, não haverá desculpa para não apostar na deposição seletiva.

Com este investimento, Viseu passará a ter 755 ilhas ecológicas (existem atualmente 349), que estarão instaladas até final do Verão.

Na sessão desta segunda-feira, feita perante mais de uma centena de alunos das escolas Alves Martins e Emídio Navarro, foram ainda apresentadas novas viaturas: três a gás natural para recolha de resíduos indiferenciados (entram em circulação a 2 de abril), cinco para recolha seletiva de resíduos (que entram de imediato em circulação) e uma para recolha de resíduos junto dos comerciantes (à espera do visto do Tribunal de Contas para iniciar o serviço).

“Estão criadas as condições para que ninguém tenha desculpas para não fazer a recolha seletiva”, frisou Almeida Henriques, acrescentado que cada munícipe terá mais de 64 litros para deposição dos resíduos seletivos.

Nesta sessão, o Presidente da Câmara destacou ainda que o projeto Viseu Recicla será implementado ao longo de 2019, sendo que um dos passos seguintes passa pela distribuição de um cartão aos utilizadores do sistema, que permitirá monitorizar e quantificar a quantidade de resíduos depositados.

“Além de permitir uma melhor gestão das rotas, pois será possível saber onde a deposição seletiva é maior, este sistema permitirá também uma certa competição entre bairros”, destacou o autarca, adiantando que “aos que tiverem uma aposta mais efetiva na reciclagem ser-lhes-á atribuídos pontos que darão benefícios”.

Em 2018, foram recolhidos nos ecopontos do Município de Viseu 3 mil toneladas de resíduos que foram encaminhados para reciclagem, o que equivaleu a uma poupança de quase 282 mil euros.

O Planalto Beirão recolheu em todos os Municípios aderentes mais de 7 mil toneladas, correspondendo, desta forma, ao Município de Viseu 40,84% da totalidade dos resíduos reciclados.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies