Projeto do Centro Oncológico de Viseu poderá ser abandonado

Informações sobre o eventual abandono do projeto do Centro Oncológico preocupam Almeida Henriques. Autarcas da região e Presidente do Centro Hospitalar convidados a participar na reunião com a Ministra

Na sequência das informações sobre um eventual abandono, por parte da Administração Central, do projeto de instalação do Centro Oncológico em Viseu, apresentadas esta sexta-feira, 22 de fevereiro, durante a sessão ordinária da Assembleia Municipal, o Presidente da Câmara, Almeida Henriques, solicitou, de imediato, uma audiência com caráter de urgência à Ministra da Saúde, no sentido de obter um esclarecimento cabal sobre o “status quo” deste projeto, estruturante para a região.
“Este é um serviço de saúde decisivo para a região e, por isso, estou chocado com a informação que obtive nesta Assembleia”, confessou o autarca, recordando as palavras do antigo secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, que destacou a “importância clínica desta região em termos de doentes oncológicos” e, dessa forma, a necessidade de se instalar este serviço.
Na audiência com a Ministra da Saúde, o Presidente da Câmara vai também questioná-la sobre os atrasos no projeto de ampliação das Urgências do Hospital de São Teotónio.
Almeida Henriques convidou ainda os restantes presidentes de Câmara da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões, assim como o Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar a acompanharem-no na reunião com a Ministra.
Na sessão ordinária da Assembleia Municipal, o Presidente da Câmara exortou ainda os deputados de todas as forças políticas a unirem-se na reivindicação pela concretização destes dois projetos, determinantes não apenas para Viseu, mas para toda a região.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies