Todo Terreno.Tiago Santos arranca época em 2º lugar

Depois de ter fechado a época de 2018 a vila de Góis com a organização a cargo do Góis Moto Clube recebeu cerca de uma centena de pilotos para a primeira prova do Campeonato Nacional de Todo Terreno, delineando uma prova com dois dias de duração, no primeiro com um prólogo com 12 quilómetros e uma dupla passagem por uma especial com 97 quilómetros no derradeiro dia de competição realizado este domingo para um total de 206 cronometrados.

 
O piloto Nelense Tiago Santos, apesar das dificuldades sentidas com uma lesão contraída três semanas antes e ainda por recuperar totalmente, apresentou-se à partida para o arranque da época inscrito na classe TT1 onde pretende lutar pelos lugares cimeiros, ainda que o seu principal foco será o Europeu de Bajas que irá marcar a sua estreia em provas internacionais.
 
No primeiro dia Tiago Santos, que conta com o apoio “JC Automóveis”, mostrou-se com um ritmo competitivo, sendo que no segundo dia os indicativos após a primeira especial eram bastante optimistas vendo o piloto cavalgar posições na classificação geral. 
 
Já na segunda e ultima especial do dia, problemas sentidos com o travão traseiro viriam a agravar-se levando mesmo o piloto tambem apoiado pela Monumentos & Paisagens a cometer alguns erros, não evitando uma queda feia e que levou o piloto Nelense a abrandar o ritmo, acabando esta primeira prova do campeonato no 2° posto TT1 e 6° posto geral.
 
“Sabíamos das limitações que tinhamos perante a lesão contraída à três semanas no joelho, mas mesmo assim tentei sempre ser competitivo.
 Ao longo do fim de semana sentimos que podiamos sair de Góis com um excelente resultado, mas um problema sentido ainda na primeira especial de domingo agravou-se na última especial do dia, ficando mesmo sem travão traseiro. Se nas melhores condições já era difícil não cometer erros nestes trilhos que têm tanto de bonito como de sinuosos, então quando perdemos totalmente a travagem na roda traseira as coisas ficaram mais dificeis e acabei mesmo por não evitar uma queda um pouco  aparatosa. Tentei gerir até final de forma a não condicionar mais o resultado e levar a mota até à linha de meta. Agora temos cinco semanas para recuperar já de olhos postos na primeira prova do Europeu.”
 
Tiago Santos referiu ainda a importância de todos os patrocinadores que o vão acompanhar em mais uma época desportiva a quem agradece pela confiança depositada neste projecto.
 
O Campeonato Nacional de Todo Terreno prossegue nos dias 22/23 e 24 de Março com a Baja do Pinhal que será também pontuável para o Campeonato Europeu e Mundial de Bajas.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies