Ancose assegura : “Iremos repor todo o efetivo perdido com os incêndios”

Após os incêndios de 15 de outubro de 2017, quanto foram aqueles que viram os seus animais transformados em cinzas, o que os levou mesmo a pensar ao abandono da árdua vida de pastor.

A Direção da ANCOSE que há muito, conjuntamente com o Senhor Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, tinham pensado na instalação de um Centro de Recrias de Borregas da daquela raça autóctone na sede da associação, no sentido de preservar e aumentar a raça, com a catástrofe de 15 de outubro, “deitaram mãos à obra” e foi acelerada a instalação do almejado Centro de Recria.

Assim com a ajuda de vários Parceiros, dos quais se inclui o Ministério da Agricultura, na pessoa do Senhor Ministro, estamos em condições de repor todo o efetivo animal, da Raça Bordaleira, perdido em outubro de 2017.

Depois das 400 borregas já doadas, acabamos de instalar mais 250, que oportunamente serão distribuídas por todos aqueles que perderam os seus animais.

A Direção da ANCOSE, com os beneméritos, que em cima designámos de Parceiros, tudo farão para preservar a Raça Bordaleira Serra da Estrela, permitindo assim, que a produção do Queijo Serra da Estrela, uma das maravilhas gastronómicas do nosso País, seja sempre levada para diante.

Acresce a este facto, o nosso compromisso em ajudar os associados, que tão dificilmente vivem da ovinicultura.

O Presidente da Direção da ANCOSE

Manuel Marques

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies