Viseu recebe Marcha Pela Eliminação Da Violência Contra As Mulheres

Em Viseu, marchamos no dia 25 de novembro, para denunciar e lutar pela eliminação de todas as formas de violência contra as mulheres.

Uma violência enraizada numa sociedade misógina. Uma violência muitas vezes invisível, por tão generalizada e confortavelmente se ter instalado. Uma violência de plurais manifestações, mas baseada num traço comum: a desigualdade de género.

Queremos uma sociedade de mulheres livres no casamento, na união, no namoro, no trabalho, na rua, na escola, em casa, com a família, na amizade ou sós. Queremos uma sociedade que permita a todas as mulheres SER e VIVER.

Repudiamos todas as violências e todos os atentados à liberdade da mulher. O medo de perder a vida. O receio pela segurança das filhas e dos filhos. O assédio físico e moral. A agressão física e psicológica. A violação. A “justiça” machista.

Neste 25 de Novembro, não esquecemos as diferentes formas de violência que atingem as mulheres em todo o mundo. Assistimos com preocupação aos retrocessos nos direitos alcançados pela luta abnegada de milhares de mulheres em países onde governos de extrema direita e ultraconservadores estão a ganhar cada vez mais terreno. Denunciamos em Portugal uma tendência preocupante para decisões judiciais retrógradas, moralistas e inadmissíveis, que violam os direitos mais básicos e a Constituição da República Portuguesa.

Afirmamos, ainda, que os corpos das mulheres nunca serão livres de violência machista sem romper com estruturas inerentemente violentas. As mulheres negras, as mulheres indígenas, as mulheres migrantes, as mulheres LGBTI+ estão ainda mais vulneráveis dentro desta estrutura de poder que se estende também à violência na área laboral, onde o patriarcado e a exploração capitalista se alimentam mutuamente.

Neste 25 de Novembro marchamos reafirmando a intenção de mobilização contra a inegável e preocupante escalada do conservadorismo e do ataque aos direitos das mulheres.

Neste 25 de novembro marchamos pelo fim das violências contra as mulheres.
Neste 25 de novembro marchamos por um mundo de mulheres livres.
Neste 25 de novembro marchamos por um mundo com mais amor.

Nota de Imprensa “Já Marchavas Viseu”

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies