PCP reivindica serviço de radioterapia no CH Tondela/Viseu

A construção do serviço de radioterapia no Centro Hospitalar Tondela/Viseu (Hospital de São Teotónio) é urgente. Este hospital dispõe de um serviço de oncologia médica com um volume de doentes em algumas patologias semelhante ao do Centro Hospitalar da Unidade de Coimbra (CHUC). Todos os anos recebe mais de 1000 doentes do foro oncológico e não existe um serviço que dê resposta aos tratamentos de radioterapia que se impõem nestas patologias. A construção de um serviço de radioterapia neste hospital permitirá responder às necessidades dos doentes oncológicos com mais eficácia, de forma mais célere, com mais comodidade para os utentes e menos custos para o Estado. O grupo Parlamentar tem conhecimento que em julho de 2017, o então secretário de estado da Saúde, anunciou que o concurso público para as obras de instalação da radioterapia no centro Hospitalar de Tondela/Viseu seria lançado ainda em 2017 e que a valência entraria em funcionamento no início de 2019. Em abril deste ano, o Presidente do Conselho de Administração do Hospital São Teotónio, afirmava que a construção do serviço de radioterapia naquele centro hospitalar estava autorizada, que tem verbas próprias e que tem “timing” definido, mas que aguarda autorização do Ministério das Finanças. Avança dizendo que mal haja visto do Tribunal de Contas tudo decorrerá normalmente.

Assim, ao abrigo das disposições constitucionais, legais e regimentais aplicáveis, solicitamos ao Governo que, por intermédio do Ministério da Saúde, nos sejam prestados os seguintes

esclarecimentos:

  1. Qual o ponto da situação em que se encontra este processo? 2. Que medidas vai o governo tomar para que este serviço seja construído com urgência?

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies