Encontro em Viseu contra “forças antidemocráticas no Brasil”

Fernando Hadadd (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) : principais candidatos à vitória

Enquadrado num vasto movimento internacional, no seguimento da emergência de forças antidemocráticas no Brasil, um grupo de cidadãos convoca um encontro Pela Democracia, Contra o Ódio no Brasil em Viseu.

O Encontro ocorrerá a 25 de outubro, pelas 18h30, no Rossio, a três dias do segundo turno das Eleições Presidenciais no Brasil, que se realiza no dia 28 de outubro.
Durante o primeiro turno, as propostas do candidato Jair Bolsonaro incluíram apelos à descriminação e violência etnicamente motivadas, à submissão das mulheres, à proscrição das pessoas homossexuais e transgénero, ao genocídio dos povos indígenas, à liberalização da caça mesmo para as espécies que estão em risco de extinção e ao desmatamento da Amazónia.
Durante o período que antecede o segundo turno, a progressão da violência tem sido diária e inclui espancamentos, violações, assassínios, além de continuadas ameaças a quem se opõe ao candidato e seus apoiantes. Aos olhos dos agressores, uma vitória significaria a legitimação de todas as agressões e assassinatos. Eleger Jair Bolsonaro é um atentado à democracia e aos direitos humanos.
Todas as pessoas, independentemente do seu género, orientação sexual, etnia, religião ou ideologia têm o direito de viver em paz e desfrutando de liberdade de expressão. Assim, Pela Democracia, Contra o Ódio, propõe tornar-se um encontro de manifestação de apoio e solidariedade a quem, no Brasil, trava neste momento uma dura luta contra o ódio, repudiando inteiramente todas as forças que visam criar um clima de hostilidade propício a violências de proporções ainda inimagináveis.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies