Urgeiriça: Bloco de Esquerda exige obras de requalificação “céleres, urgentes e criteriosas”

Comissão Coordenadora Distrital de Viseu do Bloco de Esquerda esteve presente na visita de trabalho realizada ao couto mineiro das Minas da Urgeiriça, em Canas de Senhorim, pela Comissão de Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação, presidida pelo deputado do Bloco de Esquerda Pedro Soares, para observar o decorrer do processo da requalificação das casas que apresentam valores de radioactividade elevada, provocada pela emissão de radão, originado pela utilização de material proveniente da antiga exploração mineira.

Durante a visita fomos confrontados com algumas situações que nos preocupam:

1) O critério na escolha da requalificação das casas onde haverá falha do cumprimento de critérios na requalificação das casas afetadas onde as primeiras casas não são as mais contaminadas;

2) A possível falta de acompanhamento no controlo da radioactividade durante as obras de requalificação das casas, tendo sido reportado um caso onde, após a requalificação, os níveis de contaminação se mantiveram acima do seguro para a saúde dos seus habitantes;

3) A demora na requalificação das casas contaminadas, que não estará a avançar com a celeridade e urgência que a situação impõe. Num universo de cerca de cem casas a intervencionar, apenas algumas têm o processo em andamento e apenas quatro têm o processo concluído, claramente abaixo das expectativas;

4) Não existe um destino para as 198 toneladas de urânio que ainda se encontram armazenadas no couto mineiro, que representam um perigo ambiental para a região;

5) Preocupação com o destino das terras contaminadas removidas das obras das casas e da zona conhecida como ‘química’, a cargo da Irmãos Almeida Cabral – Ambiente, empresa que já foi alvo de várias queixas por uma eventual má gestão nos depósitos de resíduos provenientes de ETAR.

Perante o exposto apelamos ao diálogo franco entre as partes envolvidas com vista à resolução desta situação ambiental e de saúde pública, bem como de valorização histórica e turística para que a zona possa começar uma nova etapa mais respeitosa para quem aqui constrói a sua vida.

O BE sempre esteve do lado dos trabalhadores da mina da Urgeiriça e seus familiares, gravemente afetados por doenças cancerígenas, pelo reconhecimento da urgência da intervenção ambiental em toda esta região, bem como lutando por uma vida digna e saudável desta população lesada pelas irresponsabilidade do Estado Português.

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda esteve representado nesta visita pela deputada Maria Manuel Rola, membro desta comissão.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies