Prove’18 em Mangualde, vinhos e sabores de uma região. Opinião por Manuel Moreira

Os vinhos do Dão, afirmam-se a passo seguro no universo dos consumidores mais esclarecidos. Afirmam-se por quem admira e aprecia as subtilezas das castas que já fazem parte do léxico enófilo do conhecedor, de alguns nomes de produtores, entre clássicos e contemporâneos. Reconhecem-lhe a elegância e atributos que perduram na memória do tempo. Contudo, a afirmação e notoriedade da região e dos seus vinhos não pode ser modelado somente por este restrito, embora favorável, grupo de apreciadores e pelo entendimento vínico “puro e duro”. Deve sim, conquistar a atenção das variadas camadas de apreciadores. Não só dos apreciadores de vinho. Mas apreciadores da região. Dos seus valores e “tesouros”. Assim, tal como um copo de vinho que conta uma história, a narrativa de uma região tem no vinho um dos seus personagens, tal como o são a natureza, cultura, artesanato, o património e obviamente os produtos gastronómicos e a própria gastronomia ou receituário. Esta conjugação de “sabores”, numa estratégia bem consertada, organizada e profissional, dará conhecimento e notoriedade á região. Este evento, “prove’2018 Viseu, Dão, Lafões” já na 3ª edição, a realizar já nestes dias 4, 5 e 6 de Outubro, é um dos úteis instrumentos para a região dar mostra da sua componente enogastronómica, inserida no contexto de paisagem, cultura e tradições. Oportunidade de descobrir, provar e adquirir produtos locais, experimentar a restauração local, provar e aprender sobre os vinhos locais, inseridos na “personalidade” do ambiente. O produto local experimentado no local de origem tem sempre outro sabor. Com o Turismo em alta, estratégico e fundamental na economia regional e nacional, a vertente gastronómica e vínica são hoje, vincadamente decisivas como certeiras formas de promoção de uma região, poderá ter efeitos positivos de longo prazo, para a globalidade da região. Caso para dizer que pela boca e pelo nariz também se conquista o coração.

Um evento a não perder!

Manuel Moreira

Somellier

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies