Sporting de Santar acusa GDR Canas de Senhorim de agredir os seus jogadores e diretores

O Sporting Clube de Santar vem, a todos os sócios e adeptos, esclarecer alguns pontos da situação sucedida no passado dia 15 de setembro, no jogo de treino que opôs o SCS ao GDR Canas de Senhorim.
1- O SCS disputou um jogo de preparação no qual foi taxada uma entrada no recinto de 2 euros, pelo GDR Canas de Senhorim, sem consentimento do SCS. Apesar de considerar esse mesmo ato bastante desrespeitoso aceitou, ainda assim, disputar o encontro.
2- Aos 75 minutos, após uma falta cometida por um atleta do SCS e corretamente ajuizada pelo arbitro, o treinador do GDR Canas de Senhorim dirigiu-se ao banco do SCS, provocou e empurrou o nosso capitão. Não sendo este um jogo oficial e não querendo o SCS contribuir para cenas que considera lamentáveis, deu por terminado o encontro e preparou-se para regressar aos balneários. Depois de tomada esta atitude, jogadores e diretores do SCS foram alvo de injúrias e agressões por parte de alguns elementos do GDR Canas de Senhorim e de adeptos afetos ao mesmo.
O SCS lamenta o sucedido e garante que tudo faz e fará para contribuir para um futebol baseado na justiça, amizade e verdade.
Departamento Comunicação SCS
Publicado na Página do Clube no Facebook

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies