Vítimas do maior acidente ferroviário de Portugal homenageadas em Alcafache

Hoje, 16 de setembro, as vítimas do fatídico acidente ferroviário de Alcafache foram mais uma vez lembradas numa cerimónia de ‘Homenagem às vítimas do acidente ferroviário Alcafache’. Este momento de homenagem foi uma organização da COMAFA – Comissão Organizadora Movimento Acidente Ferroviário de Alcafache com o apoio da Câmara Municipal de Mangualde, Junta de Freguesia de Espinho.

A cerimónia decorreu na manhã de hoje, 16 de Setembro na EN 234 Mangualde-Nelas ao Km 94,850 – local do acidente ferroviário. O acidente aconteceu há 33 anos e foi o pior desastre ferroviário ocorrido no país. O Vice-Presidente da Câmara Municipal de Mangualde, Elísio Oliveira, marcou presença, bem como o deputado eleito pelo circulo eleitoral da Europa Paulo Pisco.

A cerimónia contou ainda com a presença dos Bombeiros Voluntários de Mangualde e de outras entidades, bem como familiares e amigos das vítimas do acidente. Após a concentração dos organismos convidados e público em geral, procedeu-se à deposição de uma coroa de flores junta à estátua seguida de um minuto de silêncio e da proclamação de algumas homilias. Pelas 11h30 deu-se início a uma missa campal pelas vítimas e bombeiros já falecidos.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies