Deputado do CDS questiona Governo e ARS diz que Centro de Saúde de Nelas esteve fechado apenas duas horas

O deputado do CDS-PP Hélder Amaral questionou o ministro da Saúde sobre o encerramento do Centro de Saúde de Nelas

Considerando que:

Na manhã de ontem, 30 de agosto, os utentes do Centro de Saúde de Nelas depararam-se com a unidade encerrada.

Na porta do edifício constava apenas um aviso indicando o encerramento devido à ausência de serviços administrativos, sem mais informação sobre se tal encerramento seria temporário ou a prolongar por mais dias.

Os utentes que tinham consultas marcadas não foram informados atempadamente da situação, e como tal deslocaram-se ao Centro de Saúde de Nelas como esperado, faltando para tal ao trabalho ou alterando as suas vidas.

Os utentes que precisaram de cuidados médicos urgentes também tiveram de se deslocar a outras unidades, devido ao fecho inesperado do Centro de Saúde de Nelas que serve quase 14 mil habitantes.

Este tipo de gestão de uma unidade de saúde do interior, já de si carenciado a vários níveis, é incompreensível, impossibilitando que a população tenha acesso aos cuidados de proximidade de que necessita.

O Grupo Parlamentar do CDS-PP entende que os Cuidados de Saúde Primários são “a porta de entrada” para o Serviço Nacional de Saúde e que, nesse sentido, deve ser fomentado o seu acesso e não condicionado.

Neste sentido, entendemos pertinente obter um esclarecimento por parte do Senhor Ministro da Saúde.

Assim:

Tendo em conta o disposto no artigo 156.º, alínea d) da Constituição, e as normas regimentais aplicáveis, nomeadamente o artigo 229.º do Regimento da Assembleia da República, cujo n.º 3 fixa em 30 dias o limite do prazo para resposta;

O Deputado do CDS-PP, abaixo-assinado, vem por este meio requerer ao Senhor Ministro da Saúde, por intermédio de Vossa Excelência, nos termos e fundamentos que antecedem, respostas às seguintes perguntas:

  1. Tem V. Exa conhecimento e confirma o encerramento do Centro de Saúde de Nelas, no dia 30 de agosto de 2018, por falta de pessoal administrativo?
  2. Porque motivo não foi atempadamente acautelada a substituição temporária, por forma a manter o Centro de Saúde aberto e proporcionar aos utentes o acesso aos cuidados de proximidade de que necessitam?
  3. Não entende V. Exa. que estamos perante um manifesto caso de má gestão e organização de recursos humanos, que condicionam esta população no acesso aos Cuidados de Saúde Primários?
  4. Que medidas vai V. Exa. tomar para que o Centro de Saúde de Nelas volte a funcionar normalmente?

Após esta denúncia e contactada pela agência Lusa, a ARSC disse que o “Centro de Saúde de Nelas tem três administrativos e um está de férias e os outros dois adoeceram subitamente com necessidade de cuidados hospitalares”.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies