Linhares da Beira recebeu o Festival Internacional e Liga Nacional de Parapente

O céu da aldeia histórica de Linhares da Beira, no concelho de Celorico da Beira voltou a ser palco do Festival Internacional e Liga Nacional de Parapente que decorreu entre 11 e 15 de agosto. Este ano contou com mais de 80 participantes, vindos de vários países, entre eles, do Brasil, Venezuela e Portugal. Um evento cujo sucesso foi sentido em toda a linha, tendo contribuído para que Linhares da Beira se afirme ainda mais como a Capital do Parapente no nosso País.

Aqui é possível voar durante todo o ano, mas os meses de verão afirmam-se como os melhores para a prática da modalidade. O programa deste festival contemplou 3 vertentes: a competição A (para profissionais); a competição B (iniciação à competição) e o Lazer, sendo que a competição A, contou para a Liga Nacional de Parapente.

Paulo Coelho, promotor deste Festival de Parapente, refere que “em termos de expetativas não estava à espera de tantos praticantes de parapente nas várias competições e até mesmo no lazer, sendo que o primeiro dia de prova, no sábado, foi excelente, tanto que na prova A tivemos uma manga de 106,5 km, na prova B, foi uma prova de teste, porque havia ainda muita gente que não estava bem entrosada com a competição, foi uma manga para os colocar neste ambiente competitivo e o lazer teve também um ótimo dia, já no domingo, o dia revelou-se complicado, ainda fizemos a prova A, mas que acabou por ser não válida devido ao vento, já a prova B, toda a gente conseguiu ter a manga concluída antes do vento entrar. Paulo Coelho revela ainda que no geral estes dias de competição correram muito bem.

This slideshow requires JavaScript.

Para além de ser um espaço de promoção de parapente, Linhares da Beira também é um espaço onde se promove outras atividades desportivas, uma aposta do Município de Celorico da Beira que inaugurou durante o Festival Internacional de Parapente, a Escola Aventura de Linhares da Beira, uma “estrutura criada essencialmente para dinamizar, durante todo o ano, a prática do parapente, bem como, aprendizagem de orientação, BTT, canoagem e PADDLE, que potenciarão o desenvolvimento e a projeção desta Aldeia Histórica e do Município de Celorico da Beira.

Paralelamente às competições desportivas a organização promoveu, durante o evento, um conjunto de atividades de lazer e cultura, entre eles, os jogos tradicionais, os desportos radicais, as caminhadas, as visitas guiadas, a degustação de Queijo Serra da Estrela e, diariamente, os batismos de voo em parapente bilugar que proporcionaram experiências inesquecíveis aos mais aventureiros.

O Festival Internacional e Liga Nacional de Parapente que se realizou em Linhares da Beira, entre 11 e 15 de agosto contou com a presença de inúmeros pilotos nacionais e internacionais, que ao longo de cinco dias trocaram experiências num dos melhores spots do nosso país, algo perfeitamente legítimo, se considerarmos a beleza natural do Parque Natural da Serra da Estrela e da Aldeia Histórica de Linhares da Beira.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies