Marcelo Rebelo de Sousa passa férias em Oliveira do Hospital e Tondela

O Presidente da República vai passar parte das suas férias nas zonas afetadas pelos grandes incêndios do ano passado, enquanto a maioria das principais figuras políticas continuará a passar férias no sul do país.

Depois de o Parlamento encerrar os trabalhos na quinta-feira, o Presidente da República tem ainda reuniões marcadas com os partidos com representação parlamentar para dias 30 e 31 de julho, no âmbito dos “contactos regulares” que tem mantido com as forças partidárias.

Marcelo Rebelo de Sousa já tinha anunciado que pretendia regressar à zona dos incêndios de junho e outubro do ano passado, desta vez na qualidade de turista, para incentivar os portugueses a seguirem-lhe o exemplo e “dinamizar a economia” do interior.

No início de agosto, o Presidente da República vai passar por municípios como Vouzela, Tondela, Góis, Arganil ou Oliveira do Hospital. Na última semana de agosto fará o mesmo na zona de Pedrógão Grande e Castanheira de Pera.

O chefe de Estado viajará sozinho – à exceção dos obrigatórios seguranças – e sem programa definido, conduzindo o próprio carro.

Entre esses dois períodos, Marcelo Rebelo de Sousa irá, como habitualmente, para o Algarve, onde passará cerca de 15 dias de férias em família, na zona na Quinta do Lago.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies