António Zambujo cantou e encantou

Se dissermos que foi dos concertos mais memoráveis e marcantes a que assistimos, não estamos a exagerar. Equiparo o concerto solista, acústico e intimistia que António Zambujo deu no passado Domingo, 22 de julho, no pátio da Fundação Lapa do Lobo, à atmosfera e qualidade musical que Marisa coloca em palco. Numa interação perfeita com o público, sem alinhamento prévio, com muita “liberdade”, como sublinhou o cantor, houve momentos de rara sensibilidade e magia.

O encontro artístico “Lapa do Lobo : Aldeia Cultural”, terminou assim com chave de ouro,  com uma ovação final de pé ao concerto de António Zambujo. Nos muitos momentos altos do espetáculo, destacamos a presença em palco da menina Beatriz (6 anos), que se juntou a António Zambujo para o acompanhar no tema “Anda Comigo ver os Aviões”, diversos temas de Max e o icónico “Menina estás à janela” de Vitorino Salomé, além da “Pica do 7”, que até teve direito a cartaz. 

A relação entre o cantor e António Leal, encenador da Contracanto, é de longa data e criou a oportunidade de ouvir um músico desta qualidade na Lapa do Lobo.

José Miguel Silva

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies