Conselho de Disciplina da FPF propõe descida do Santa Clara e subida do Académico de Viseu

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) recomenda que o Santa Clara seja castigado com pena de derrota em todos os jogos a partir do 45º dia de infração, por não ter um treinador principal com o nível exigido no banco de suplentes.

Na acusação é referido que a equipa dos Açores pode vir a perder pontos em vários encontros em que Carlos Pinto era o único técnico presente no banco, não estando Luís Pires, que tinha o nível necessário para orientar uma equipa no segundo escalão do futebol português.

Esta proposta surge na sequência da do relator da Comissão de Instrutores, que propôs  o arquivamento do processo disciplinar. A confirmar-se esta proposta o Santa Clara desce para a Segunda Liga e o Académico ascende à Primeira. Também o União da Madeira, despromovido ao Campeonato de Portugal, fica no segundo escalão, sendo o Sporting de Braga B o clube a descer de divisão.

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies