Propaganda versus eficácia ….

A única queixa que o nosso jornal teve até hoje na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social), tem a ver com uma notícia em que desmentimos a placa colocada em frente aos Fornos Elétricos (imagem que apresentamos), pois a sua aquisição nunca foi até hoje, 28 de junho, discutida sequer em reunião de Câmara, parecendo um processo envolto em mistério.

Nunca ninguém soube quem colocou a placa, e o prazo dado para a CGD aprovar o negócio era de 31 de dezembro de 2017. O tempo está a dar-nos razão e a Câmara Municipal de Nelas parece ter outras prioridades, como “engordar” o pessoal político, cujos encargos anuais adicionais dariam para adquirir estas instalações.

Com a sua normal postura “high profile”, o presidente da Câmara Municipal de Nelas não se cansou de anunciar um grande centro empresarial para o local e 20 dias antes das eleições de 1 de Outubro, anuncia, com grande destaque, a celebração de um protocolo com a empresa Loureiro & Filhos (Beijós – Carregal do Sal), assegurando-lhe um lote de terreno para mudarem para Canas de Senhorim as suas instalações e ali efetuar um investimento de um milhão de euros.

A empresa acabou por não ver satisfeito o seu desejo, acusando o presidente da Câmara de Nelas de faltar com a sua palavra. Os promotores contactaram o edil de Carregal do Sal e foi rápido chegar a um acordo : as obras avançam na ZI de Oliveirinha.

Rogério Abrantes, em sentido oposto ao edil de Nelas, não publicitou nada, mantendo o seu “low profile”, ética e eficácia. Somente após o nosso contacto de hoje, 28 de junho, nos revelou o processo e nos enviou imagem que ilustra o protocolo celebrado.

Opinião por José Miguel Silva

DIRETOR

Este portal utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização Saiba mais sobre privacidade e cookies